[ 21/8/2017 ]
Ford cancela 80 demissões e abre PDV em ...

[ 21/8/2017 ]
Volkswagen pode importar o Atlas para a ...

[ 21/8/2017 ]
Indústria mais "tecnológica" tem avanço ...

[ 21/8/2017 ]
Consórcio de veículos volta a crescer...

[ 21/8/2017 ]
Fiesp prevê fim de incentivos para “camp...

[ 21/8/2017 ]
Kia é responsável pelo transporte oficia...

[ 21/8/2017 ]
Fiat Strada 2018 tem preço entre R$ 47.2...

[ 21/8/2017 ]
Iveco inaugura quinta concessionária no ...

[ 21/8/2017 ]
Após 30 anos, a Puma ensaia volta às rua...

[ 21/8/2017 ]
Contran antecipa implementação da cartei...

[ 18/8/2017 ]
Segunda geração do Tiguan virá para brig...

[ 18/8/2017 ]
Movida faz aquisição e cria marca premiu...

[ 18/8/2017 ]
Cai tarifa de importação para 4,9 mil pr...

[ 18/8/2017 ]
Sinais que afetam a produção de petróleo...

[ 18/8/2017 ]
Produção de aço bruto em julho sobe 1% a...

[ 18/8/2017 ]
Funcionários da Mercedes-Benz entram em ...

[ 18/8/2017 ]
Novo Volvo XC60 tem isenção de IPI para ...

[ 18/8/2017 ]
Ford Caminhões oferece contratos de manu...

[ 18/8/2017 ]
“Kwid número 1”: Comprador recebe veícul...

[ 18/8/2017 ]
Super rodotrem está pronto...




 

Data: 19/4/2017

Volkswagen dá férias coletivas para 3,6 mil trabalhadores em Taubaté
 
A Volkswagen determinou que 3.600 trabalhadores da fábrica de Taubaté entrem em férias coletivas a partir de ontem, terça¬feira (18).

Segundo o Sindicato de Metalúrgicos local, a maioria dos funcionários retomará as atividades entre 28 de abril e 2 de maio.

Cerca de 260 trabalhadores ficarão de férias coletivas por 20 dias, retornando à fábrica em 8 de maio. A empresa diz que as férias coletivas têm como objetivo adequar sua produção.

Em fevereiro, a produção de veículos no Brasil cresceu 14,7% relação a janeiro, de acordo com dados da Anfavea, associação que representa as montadoras.

Já as vendas de veículos novos atingiram 135,7 mil unidades em fevereiro, queda de 7,8% sobre janeiro e recuo de 7,6% na comparação anual. No primeiro bimestre, as vendas de novos foram de 282,9 mil veículos, 6,4% menos que um ano antes.

Fonte : Valor Econômico/Folhapress