[ 21/8/2017 ]
Ford cancela 80 demissões e abre PDV em ...

[ 21/8/2017 ]
Volkswagen pode importar o Atlas para a ...

[ 21/8/2017 ]
Indústria mais "tecnológica" tem avanço ...

[ 21/8/2017 ]
Consórcio de veículos volta a crescer...

[ 21/8/2017 ]
Fiesp prevê fim de incentivos para “camp...

[ 21/8/2017 ]
Kia é responsável pelo transporte oficia...

[ 21/8/2017 ]
Fiat Strada 2018 tem preço entre R$ 47.2...

[ 21/8/2017 ]
Iveco inaugura quinta concessionária no ...

[ 21/8/2017 ]
Após 30 anos, a Puma ensaia volta às rua...

[ 21/8/2017 ]
Contran antecipa implementação da cartei...

[ 18/8/2017 ]
Segunda geração do Tiguan virá para brig...

[ 18/8/2017 ]
Movida faz aquisição e cria marca premiu...

[ 18/8/2017 ]
Cai tarifa de importação para 4,9 mil pr...

[ 18/8/2017 ]
Sinais que afetam a produção de petróleo...

[ 18/8/2017 ]
Produção de aço bruto em julho sobe 1% a...

[ 18/8/2017 ]
Funcionários da Mercedes-Benz entram em ...

[ 18/8/2017 ]
Novo Volvo XC60 tem isenção de IPI para ...

[ 18/8/2017 ]
Ford Caminhões oferece contratos de manu...

[ 18/8/2017 ]
“Kwid número 1”: Comprador recebe veícul...

[ 18/8/2017 ]
Super rodotrem está pronto...




 

Data: 18/5/2017

Ford lança ações para agilizar serviços de pós-venda de caminhões
 
A Ford Caminhões lançou este mês o novo posicionamento da marca, focado nos serviços pós-vendas. Com o slogan “O seu mundo não pode parar”, a montadora criou o Célula de Unidade Parada, que monitora todas as oficinas da rede em tempo real e atua quando for preciso resolver problemas para que o veículo do cliente volte a rodar.

Para que a manutenção seja eficaz, a empresa reuniu um grupo de técnicos e engenheiros das áreas de Serviço ao Cliente e Engenharia de Serviço, com o objetivo de responder os clientes em todas as fases do processo, desde o diagnóstico e disponibilidade de peças até a autorização e execução de serviços.

Iniciado em outubro do ano passado, o programa agora está em completo funcionamento e, como resultado, o número de caminhões parados nos distribuidores fora do tempo programado caiu 80%.

“Hoje, conseguimos saber instantaneamente se há algum caminhão parado aguardando manutenção na nossa rede em todo o Brasil, qual é o veículo, o seu problema e há quanto tempo, e atuamos para ele voltar a rodar o mais rápido possível”, diz o gerente de Serviço ao Cliente da Ford Caminhões, Wilson Vasconcellos.

Segundo o executivo, o preço de compra de um caminhão representa apenas 12% do seu custo total de operação, considerando uma vida útil de cinco a oito anos, e o resto é manutenção. Isso mostra a importância dos serviços de pós-vendas na atividade do transporte rodoviário.

“Estamos focando nosso trabalho para entregar o que o cliente quer e precisa, ou seja, um serviço rápido, com alta qualidade e preço justo. Além da criação da nova estrutura, investimos em treinamento e realinhamos o preço de centenas de peças, o que aumenta a nossa competitividade diante de todas as opções disponíveis no mercado”, finaliza Vasconcellos.

Fonte : Frota & Cia