[ 21/8/2017 ]
Ford cancela 80 demissões e abre PDV em ...

[ 21/8/2017 ]
Volkswagen pode importar o Atlas para a ...

[ 21/8/2017 ]
Indústria mais "tecnológica" tem avanço ...

[ 21/8/2017 ]
Consórcio de veículos volta a crescer...

[ 21/8/2017 ]
Fiesp prevê fim de incentivos para “camp...

[ 21/8/2017 ]
Kia é responsável pelo transporte oficia...

[ 21/8/2017 ]
Fiat Strada 2018 tem preço entre R$ 47.2...

[ 21/8/2017 ]
Iveco inaugura quinta concessionária no ...

[ 21/8/2017 ]
Após 30 anos, a Puma ensaia volta às rua...

[ 21/8/2017 ]
Contran antecipa implementação da cartei...

[ 18/8/2017 ]
Segunda geração do Tiguan virá para brig...

[ 18/8/2017 ]
Movida faz aquisição e cria marca premiu...

[ 18/8/2017 ]
Cai tarifa de importação para 4,9 mil pr...

[ 18/8/2017 ]
Sinais que afetam a produção de petróleo...

[ 18/8/2017 ]
Produção de aço bruto em julho sobe 1% a...

[ 18/8/2017 ]
Funcionários da Mercedes-Benz entram em ...

[ 18/8/2017 ]
Novo Volvo XC60 tem isenção de IPI para ...

[ 18/8/2017 ]
Ford Caminhões oferece contratos de manu...

[ 18/8/2017 ]
“Kwid número 1”: Comprador recebe veícul...

[ 18/8/2017 ]
Super rodotrem está pronto...




 

Data: 10/8/2017

CNT utiliza escritórios internacionais para incentivar desenvolvimento do transporte
 
A Confederação Nacional dos Transportes (CNT), por meio da atuação de seus escritórios na China e na Alemanha, tem incentivado o desenvolvimento do transporte no Brasil. As parcerias e os acordos firmados, além da participação em eventos que discutem soluções para o setor, estão entre as principais linhas de trabalho da diretoria internacional da entidade.

Em julho, representantes dos escritórios internacionais participaram do Workshop Inovar, Capacitar, Avançar, que reuniu integrantes do Fórum de Inovação do Transporte, criado pelo Sistema CNT, e pesquisadores da Universidade de Stanford, dos Estados Unidos. O evento discutiu a inovação sob diferentes perspectivas. As ações do Fórum de Inovação são coordenadas pelo Instituto de Transporte e Logística (ITL) com a participação dos escritórios da confederação.

No mesmo mês, em Pequim, foi firmado um acordo de cooperação com o China Concil for the Promotion of International Trade (CCPIT), agência estatal chinesa, que deve enriquecer a relação Brasil-China especialmente em relação à identificação e ao incentivo a inovações, investimentos e melhorias do setor do transporte e da infraestrutura. O acordo prevê a realização de missões empresariais, esclarecimentos sobre legislação local e realização de fóruns e eventos. Em breve, deve ser organizado na China um seminário para empresas e investidores, quando a CNT apresentará as principais características do setor de transporte no Brasil.

Fonte : Agência CNT de Notícias