[ 17/11/2017 ]
Volkswagen quer mais do que dobrar produ...

[ 17/11/2017 ]
Temor de nova condenação na OMC trava Ro...

[ 17/11/2017 ]
Disputa entre montadora e autopeça indep...

[ 17/11/2017 ]
Exportações de autopeças crescem 10,5% n...

[ 17/11/2017 ]
Montadora quer pedaço maior do mercado d...

[ 17/11/2017 ]
Honda ainda não tem planos para a fábric...

[ 17/11/2017 ]
Mercedes-Benz lança canais nas redes soc...

[ 17/11/2017 ]
Montadoras investem cada vez mais na mod...

[ 17/11/2017 ]
GM desafia Tesla com promessa de carros ...

[ 17/11/2017 ]
Volkswagen vai investir € 10 bilhões par...

[ 16/11/2017 ]
Produção de veículos reforça a indústria...

[ 16/11/2017 ]
AGCO desiste de negócio com a Kepler...

[ 16/11/2017 ]
Temer e empresários debatem programa aut...

[ 16/11/2017 ]
Mercado continua cauteloso sobre a recup...

[ 16/11/2017 ]
Reajuste de combustíveis impõe "viés de ...

[ 16/11/2017 ]
Fabricantes de motos premium veem retoma...

[ 16/11/2017 ]
Setor automotivo prevê empregos e cresci...

[ 16/11/2017 ]
Fiat viu em regime militar aval para fáb...

[ 16/11/2017 ]
Mercedes-Benz oferece um ano de manutenç...

[ 16/11/2017 ]
Grupo Volvo inaugura nova concessionária...




 

Data: 10/8/2017

CNT utiliza escritórios internacionais para incentivar desenvolvimento do transporte
 
A Confederação Nacional dos Transportes (CNT), por meio da atuação de seus escritórios na China e na Alemanha, tem incentivado o desenvolvimento do transporte no Brasil. As parcerias e os acordos firmados, além da participação em eventos que discutem soluções para o setor, estão entre as principais linhas de trabalho da diretoria internacional da entidade.

Em julho, representantes dos escritórios internacionais participaram do Workshop Inovar, Capacitar, Avançar, que reuniu integrantes do Fórum de Inovação do Transporte, criado pelo Sistema CNT, e pesquisadores da Universidade de Stanford, dos Estados Unidos. O evento discutiu a inovação sob diferentes perspectivas. As ações do Fórum de Inovação são coordenadas pelo Instituto de Transporte e Logística (ITL) com a participação dos escritórios da confederação.

No mesmo mês, em Pequim, foi firmado um acordo de cooperação com o China Concil for the Promotion of International Trade (CCPIT), agência estatal chinesa, que deve enriquecer a relação Brasil-China especialmente em relação à identificação e ao incentivo a inovações, investimentos e melhorias do setor do transporte e da infraestrutura. O acordo prevê a realização de missões empresariais, esclarecimentos sobre legislação local e realização de fóruns e eventos. Em breve, deve ser organizado na China um seminário para empresas e investidores, quando a CNT apresentará as principais características do setor de transporte no Brasil.

Fonte : Agência CNT de Notícias