[ 17/11/2017 ]
Volkswagen quer mais do que dobrar produ...

[ 17/11/2017 ]
Temor de nova condenação na OMC trava Ro...

[ 17/11/2017 ]
Disputa entre montadora e autopeça indep...

[ 17/11/2017 ]
Exportações de autopeças crescem 10,5% n...

[ 17/11/2017 ]
Montadora quer pedaço maior do mercado d...

[ 17/11/2017 ]
Honda ainda não tem planos para a fábric...

[ 17/11/2017 ]
Mercedes-Benz lança canais nas redes soc...

[ 17/11/2017 ]
Montadoras investem cada vez mais na mod...

[ 17/11/2017 ]
GM desafia Tesla com promessa de carros ...

[ 17/11/2017 ]
Volkswagen vai investir € 10 bilhões par...

[ 16/11/2017 ]
Produção de veículos reforça a indústria...

[ 16/11/2017 ]
AGCO desiste de negócio com a Kepler...

[ 16/11/2017 ]
Temer e empresários debatem programa aut...

[ 16/11/2017 ]
Mercado continua cauteloso sobre a recup...

[ 16/11/2017 ]
Reajuste de combustíveis impõe "viés de ...

[ 16/11/2017 ]
Fabricantes de motos premium veem retoma...

[ 16/11/2017 ]
Setor automotivo prevê empregos e cresci...

[ 16/11/2017 ]
Fiat viu em regime militar aval para fáb...

[ 16/11/2017 ]
Mercedes-Benz oferece um ano de manutenç...

[ 16/11/2017 ]
Grupo Volvo inaugura nova concessionária...




 

Data: 10/8/2017

Governo trabalha para manter e até ampliar Reintegra para o próximo ano, diz ministro
 
O governo brasileiro está trabalhando para manter e até ampliar o programa de incentivo às exportações Reintegra no próximo ano, disse nesta quarta-feira o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira.

"Trabalhamos para manutenção ou até ampliação do Reintegra para o próximo ano", disse o ministro durante apresentação no encontro nacional de comércio exterior ENAEX, no Rio de Janeiro.

O Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra) garante um crédito aos exportadores sobre as vendas de produtos manufaturados para o exterior.

Fonte : Reuters/Rodrigo Viga Gaier