[ 19/9/2017 ]
Com novos serviços e produtos, Scania bu...

[ 19/9/2017 ]
Indústria automobilística tem cerca de R...

[ 19/9/2017 ]
Indústria automobilística na rota da mod...

[ 19/9/2017 ]
Petrobras eleva preços do diesel e reduz...

[ 19/9/2017 ]
Balanço da Usiminas ganha maior robustez...

[ 19/9/2017 ]
Transporte público da zona sul de São Pa...

[ 19/9/2017 ]
Detran.SP promove ações educativas na Se...

[ 19/9/2017 ]
Aliança da Renault está mais perto de se...

[ 19/9/2017 ]
Aliança da Renault está mais perto de se...

[ 19/9/2017 ]
Audi assume liderança em direção autônom...

[ 19/9/2017 ]
Usar em vez de ter, uma visão da mobilid...

[ 18/9/2017 ]
Honda e Itirapina ainda esperam por dias...

[ 18/9/2017 ]
Setor automotivo deve apresentar aumento...

[ 18/9/2017 ]
Rio Grande do Sul é o terceiro mercado d...

[ 18/9/2017 ]
Cummins Turbo Technologies inaugura linh...

[ 18/9/2017 ]
Mercado de vendas de veículos no RS apre...

[ 18/9/2017 ]
Brasil e Estados Unidos na mesma situaçã...

[ 18/9/2017 ]
Toyota destacou linha Etios 2018 durante...

[ 18/9/2017 ]
"Uber dos tratores", aplicativo aluga má...

[ 18/9/2017 ]
Enfatizar o papel de cada usuário das vi...




 

Data: 11/8/2017

Mercedes-Benz exporta motores brasileiros para o Grupo Daimler
 
A Mercedes-Benz do Brasil vai exportar, a partir deste mês, motores brasileiros para a sua matriz na Alemanha. Produzidos na fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo, os propulsores da linha OM 460 Euro 3 serão enviados para a planta alemã de Wörth para equipar o modelo rodoviário Actros e os fora de estrada Arocs e Zetros.

Os motores foram testados, durante a fase de desenvolvimento, em bancos de provas nas fábricas de veículos comerciais de São Bernardo do Campo e de Stuttgart, na Alemanha. Também passaram por testes de operação no Brasil, Alemanha e Oriente Médio.

O presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina, Philipp Schiemer, destaca que o Grupo Daimler escolheu a Mercedes-Benz do Brasil para atender esses mercados “devido à sua tradição na produção de motores robustos, resistentes e adequados para as mais severas condições de transporte de cargas, similares as características da região da África e Oriente Médio”.

A montadora produz motores para caminhões de todos os segmentos, desde os leves e médios, passando pelos semipesados até os extrapesados, além de propulsores para ônibus urbanos e rodoviários. Em 60 anos no País, a empresa já produziu cerca de 3 milhões de motores.

Fonte : Frota & Cia