[ 19/1/2018 ]
Peugeot está "muito aberta" para aliança...

[ 19/1/2018 ]
Venda de caminhões deve saltar até 30% n...

[ 19/1/2018 ]
Novatos surpreenderam o mercado automoti...

[ 19/1/2018 ]
Produção de motocicletas fecha o ano com...

[ 19/1/2018 ]
Petrobras realiza dois aumentos no preço...

[ 19/1/2018 ]
MAN Latin America inaugura duas concessi...

[ 19/1/2018 ]
Hacker é maior ameaça ao modelo autônomo...

[ 19/1/2018 ]
BYD vende 13 ônibus 100% elétricos para ...

[ 19/1/2018 ]
PSA anuncia eletrificação de todos os mo...

[ 19/1/2018 ]
Mercedes-Benz lidera vendas na Argentina...

[ 18/1/2018 ]
Com retomada das vendas do setor, Fiat p...

[ 18/1/2018 ]
Ministério pretende liberar créditos tri...

[ 18/1/2018 ]
Caminhões e ônibus já podem ser financia...

[ 18/1/2018 ]
Emprego na indústria paulista recua 1,62...

[ 18/1/2018 ]
Crescimento deve ter superado 1% em 2017...

[ 18/1/2018 ]
Embratel lança plataforma para gestão de...

[ 18/1/2018 ]
Novo pneu trativo Hybrid HD3 na medida 2...

[ 18/1/2018 ]
União Europeia e Mercosul se reúnem em B...

[ 18/1/2018 ]
Mercado de automóveis na União Europeia ...

[ 18/1/2018 ]
Fábrica de motores da Volvo Cars é a pri...




 

Data: 11/8/2017

Mercedes-Benz exporta motores brasileiros para o Grupo Daimler
 
A Mercedes-Benz do Brasil vai exportar, a partir deste mês, motores brasileiros para a sua matriz na Alemanha. Produzidos na fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo, os propulsores da linha OM 460 Euro 3 serão enviados para a planta alemã de Wörth para equipar o modelo rodoviário Actros e os fora de estrada Arocs e Zetros.

Os motores foram testados, durante a fase de desenvolvimento, em bancos de provas nas fábricas de veículos comerciais de São Bernardo do Campo e de Stuttgart, na Alemanha. Também passaram por testes de operação no Brasil, Alemanha e Oriente Médio.

O presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina, Philipp Schiemer, destaca que o Grupo Daimler escolheu a Mercedes-Benz do Brasil para atender esses mercados “devido à sua tradição na produção de motores robustos, resistentes e adequados para as mais severas condições de transporte de cargas, similares as características da região da África e Oriente Médio”.

A montadora produz motores para caminhões de todos os segmentos, desde os leves e médios, passando pelos semipesados até os extrapesados, além de propulsores para ônibus urbanos e rodoviários. Em 60 anos no País, a empresa já produziu cerca de 3 milhões de motores.

Fonte : Frota & Cia