[ 17/11/2017 ]
Volkswagen quer mais do que dobrar produ...

[ 17/11/2017 ]
Temor de nova condenação na OMC trava Ro...

[ 17/11/2017 ]
Disputa entre montadora e autopeça indep...

[ 17/11/2017 ]
Exportações de autopeças crescem 10,5% n...

[ 17/11/2017 ]
Montadora quer pedaço maior do mercado d...

[ 17/11/2017 ]
Honda ainda não tem planos para a fábric...

[ 17/11/2017 ]
Mercedes-Benz lança canais nas redes soc...

[ 17/11/2017 ]
Montadoras investem cada vez mais na mod...

[ 17/11/2017 ]
GM desafia Tesla com promessa de carros ...

[ 17/11/2017 ]
Volkswagen vai investir € 10 bilhões par...

[ 16/11/2017 ]
Produção de veículos reforça a indústria...

[ 16/11/2017 ]
AGCO desiste de negócio com a Kepler...

[ 16/11/2017 ]
Temer e empresários debatem programa aut...

[ 16/11/2017 ]
Mercado continua cauteloso sobre a recup...

[ 16/11/2017 ]
Reajuste de combustíveis impõe "viés de ...

[ 16/11/2017 ]
Fabricantes de motos premium veem retoma...

[ 16/11/2017 ]
Setor automotivo prevê empregos e cresci...

[ 16/11/2017 ]
Fiat viu em regime militar aval para fáb...

[ 16/11/2017 ]
Mercedes-Benz oferece um ano de manutenç...

[ 16/11/2017 ]
Grupo Volvo inaugura nova concessionária...




 

Data: 20/10/2017

Novo centro de simulação da FCA acelera o desenvolvimento dos produtos
 
A FCA, Fiat Chrysler Automobiles, aproveitou os incentivos do Inovar-Auto para investir R$ 18 milhões na criação de um Centro de Simulação de Dinâmica Veicular, o SIM Center, que além de contribuir para melhorar a qualidade dos veículos reduz o tempo e os custos com desenvolvimento. De acordo com a empresa, é a tecnologia mais avançada disponível na América Latina e seu objetivo é gerar inovações e pesquisas com foco na segurança de veículos, pessoas e sistemas viários.

O projeto teve apoio do BNDES e foi desenvolvido em parceria com a PUC Minas, que sedia o SIMCenter, inaugurado na quarta-feira, 18, em Belo Horizonte, MG. O novo centro, segundo Leandro Quadros, diretor-adjunto de Engenharia Chassis da FCA, possibilita uma imersão total do motorista com o máximo de realismo da sensação de dirigir.

“Seja dentro de um Jeep Renegade ou qualquer outro veículo, o piloto pode ser teletransportado para qualquer circuito do mundo, como o campo de provas da FCA em Balocco na Itália, em um dia de neve. Dá para andar em uma estrada mesmo antes dela existir”, comenta Quadros, destacando que o projeto surgiu em função do Inovar-Auto e levou mais de dois anos para ser concretizado. É o primeiro simulador do gênero da FCA no mundo e, de acordo com Quadros, a fabricante ganha tempo no desenvolvimento e melhorias em qualidade dos produtos. “Várias soluções técnicas e sistemas de segurança ativa e de auxílio aos condutores serão desenvolvidos no SIMCenter”, declara.

O sistema é formado por uma plataforma que realiza todos os movimentos de um veículo real através de nove atuadores, um cockpit equipado com sistema de áudio que reproduz os sons do motor e as reações dos pneus com o piso, e uma tela curva com ângulo de visão de 230°. Os movimentos do cockpit são integrados às imagens da tela e alinhados com os comandos realizados pelo motorista, guiados em tempo real pelos instrumentos da sala de controle.

Por meio das simulações, explica Quadros, é possível definir as características técnicas e funcionais de cada componente do veículo que determinam a sua dinâmica, como os amortecedores, molas, pneus, direção, freios e barras estabilizadoras: “Após serem definidas nas simulações, essas características tornam-se especificações técnicas para a construção de peças físicas que irão compor o veículo. Não é preciso mais esperar a construção de um protótipo para testá-lo”.

Fonte : AutoIndústria/Alzira Rodrigues