[ 18/1/2018 ]
Com retomada das vendas do setor, Fiat p...

[ 18/1/2018 ]
Ministério pretende liberar créditos tri...

[ 18/1/2018 ]
Caminhões e ônibus já podem ser financia...

[ 18/1/2018 ]
Emprego na indústria paulista recua 1,62...

[ 18/1/2018 ]
Crescimento deve ter superado 1% em 2017...

[ 18/1/2018 ]
Embratel lança plataforma para gestão de...

[ 18/1/2018 ]
Novo pneu trativo Hybrid HD3 na medida 2...

[ 18/1/2018 ]
União Europeia e Mercosul se reúnem em B...

[ 18/1/2018 ]
Mercado de automóveis na União Europeia ...

[ 18/1/2018 ]
Fábrica de motores da Volvo Cars é a pri...

[ 17/1/2018 ]
Toyota avalia adotar terceiro turno no B...

[ 17/1/2018 ]
GM quer transformar o elétrico no modelo...

[ 17/1/2018 ]
Exportações de ônibus e caminhões da MAN...

[ 17/1/2018 ]
Balança comercial acusa superávit de US$...

[ 17/1/2018 ]
Governo vê "divisor de águas" em antidum...

[ 17/1/2018 ]
Compartilhamento de veículos responderá ...

[ 17/1/2018 ]
Volvo inicia pré-venda do XC40 no Brasil...

[ 17/1/2018 ]
Mercedes-Benz começa a vender o novo CLA...

[ 17/1/2018 ]
New Holland oferece condições especiais ...

[ 17/1/2018 ]
Arrojado, conceito Nissan Xmotion sugere...




 

Data: 14/11/2017

Ford atualiza assistente de emergências Sync 1
 
A Ford ofereceu uma atualização para o Sync 1, assistente de emergência que é oferecido como opcional nas linhas Ka, Fiesta, Focus, EcoSport e Ranger. O recurso aciona automaticamente a central de atendimento de urgência SAMU em caso de acidente em que haja deflagração dos air bags ou corte da bomba de combustível do veículo.

Com essa atualização, além de informar as coordenadas para a geolocalização do acidente e envio de socorro, o Sync 1 gera dados sobre o tipo de colisão (frontal, lateral, traseira ou capotamento) número de cintos afivelados, deflagração de airbags e delta de desaceleração do veículo.

Esses dados permitem aos socorristas avaliar a gravidade do acidente, de acordo com a intensidade da desaceleração do veículo e a quantidade de ocupantes, para prestar o atendimento necessário.

A atualização pode ser feita em uma concessionária Ford ou por meio do site da montadora – no qual, após fornecer o número do chassi, o consumidor poderá baixar um arquivo de atualização, copiá-lo em um pen drive e instalar no veículo.

Fonte : Jornal do Carro