[ 23/2/2018 ]
Volkswagen ajuda fornecedor a retomar ri...

[ 23/2/2018 ]
Processo de eletrificação dos automóveis...

[ 23/2/2018 ]
Rota 2030 trava na Fazenda por impasse s...

[ 23/2/2018 ]
Presidente da Volkswagen afirma que cris...

[ 23/2/2018 ]
Volkswagen se junta a GM e Fiat e admite...

[ 23/2/2018 ]
Emprego com carteira assinada volta, mas...

[ 23/2/2018 ]
Competitividade insatisfatória ameaça o ...

[ 23/2/2018 ]
Honda Fit 2018 ganha itens de segurança...

[ 23/2/2018 ]
Grupo SHC inaugura concessionária Jaguar...

[ 23/2/2018 ]
CNH e Microsoft criam plataforma para má...

[ 22/2/2018 ]
Volvo retoma 2º turno depois de três ano...

[ 22/2/2018 ]
Rota 2030, novo regime automotivo, sai n...

[ 22/2/2018 ]
Ministro-interino do MDIC destaca papel ...

[ 22/2/2018 ]
Volvo estima alta de 30% no mercado de c...

[ 22/2/2018 ]
Setor automotivo: incerteza sobre progra...

[ 22/2/2018 ]
Próxima rodada ainda não fechará acordo ...

[ 22/2/2018 ]
Vendas de cotas de consórcios de automóv...

[ 22/2/2018 ]
Chevrolet Prisma Advantage tem novo visu...

[ 22/2/2018 ]
Bridgestone comemora 11 anos de operação...

[ 22/2/2018 ]
Cummins define passos para o futuro...




 

Data: 6/12/2017

Carros da GM terão painel com e-commerce
 
A montadora General Motors anunciou ontem que vai equipar novos modelos de carro com um painel que permite acesso a uma plataforma de comércio eletrônico. Com isso, a montadora mostra que está apostando que os motoristas e passageiros vão encomendar comida, encontrar postos de combustível e até reservar hotéis por meio de ícones na tela mostrada no painel, em vez de usarem seus próprios smartphones. A companhia acredita que intermediar essas transações pode se tornar uma nova fonte de renda no futuro.

A plataforma de comércio eletrônico da GM vai funcionar como um marketplace, isto é, terceiros vão vender seus produtos e serviços por meio do painel dos carros para os consumidores interessados. A tecnologia será embarcada em cerca de 1,9 milhão de veículos modelo 2017. Mais de 4 milhões de carros das marcas Chevrolet, Buick, GMC e Cadillac vão estar equipados com o painel até o fim de 2018.

A empresa, contudo, não revelou quanto vai receber dos comerciantes que usarem a plataforma para vender seus produtos. Os consumidores, por outro lado, não terão de pagar para ter acesso às ofertas nem pelos dados utilizados para transmitir as informações pela internet para viabilizar as aquisições.

Briga

A GM não é a única empresa a investir nessa linha de negócios para carros: a gigante do comércio eletrônico Amazon está fazendo parcerias com montadoras, como a Ford, para incluir sua assistente pessoal Alexa nos veículos.

Fonte : O Estado de S. Paulo