[ 16/8/2018 ]
Linhares terá montadora de automóveis...

[ 16/8/2018 ]
Decreto vai regulamentar incentivo para ...

[ 16/8/2018 ]
No mercado de usados, só os pesados têm ...

[ 16/8/2018 ]
Com capacidade no limite, Hyundai chega ...

[ 16/8/2018 ]
Atividade econômica recua 0,99% no segun...

[ 16/8/2018 ]
Camex zera tarifa de máquinas e equipame...

[ 16/8/2018 ]
Produção de motos sobe 34,7% em julho, d...

[ 16/8/2018 ]
Mercado mundial de veículos cresceu 3,6%...

[ 16/8/2018 ]
Cuidados na volta das férias...

[ 16/8/2018 ]
Caminhoneiros podem fazer check-up gratu...

[ 16/8/2018 ]
Ford apresenta novo veículo em feira de ...

[ 15/8/2018 ]
Novo veículo compacto global da Volks de...

[ 15/8/2018 ]
Com capacidade no limite, Hyundai chega ...

[ 15/8/2018 ]
Scania incorpora nova maneira de vender ...

[ 15/8/2018 ]
Iochpe-Maxion reforça estratégia de inte...

[ 15/8/2018 ]
Vendas especiais para o público PCD disp...

[ 15/8/2018 ]
SUVs e hatches pequenos continuam ganhan...

[ 15/8/2018 ]
Brasil ganha nova geração do Porsche Cay...

[ 15/8/2018 ]
Tratores da Case IH serão entregues a pe...

[ 15/8/2018 ]
Aprenda a trocar os limpadores de para-b...




 

Data: 7/12/2017

Volkswagen tem novo vice-presidente de finanças para América do Sul e Brasil
 
A Volkswagen anunciou o novo vice-presidente de finanças para a região América do Sul e Brasil: Oliver Schmidt, que começou a carreira na empresa em 1982, como especialista de contabilidade, e atuava como vice-presidente de finanças da SAIC VW desde 2009. Por aqui, o executivo substituiu Osmair Garcia, que se aposentou após 32 anos de trabalho.

Formado em Administração de Indústrias em Wolfsburg e Braunschweig, na Alemanha, Schmidt atuou como chefe representante da marca em Taiwan a partir de 1995. Em 1998, retornou à Europa como responsável comercial de unidades de negócio da divisão de veículos comerciais leves em Hannover e, em 2000, foi transferido à Seat, na Espanha.

De acordo com o fabricante, o executivo será responsável pela gestão do aporte de R$ 7 bilhões que a marca investirá no mercado nacional até 2020. Vale lembrar que já foram anunciados novos planos para o lançamento de 20 modelos nos próximos três anos – entre eles, o sucessor do Gol e um SUV derivado do Polo – sendo 13 deles feitos aqui.

Fonte : Auto Esporte