[ 16/1/2019 ]
Produção de picapes marca início da parc...

[ 16/1/2019 ]
Setor de caminhões em bom momento...

[ 16/1/2019 ]
Setor automotivo segue otimista, mas pre...

[ 16/1/2019 ]
Com DNA alemão, concessionária Ssangyong...

[ 16/1/2019 ]
Os 60 anos do Fusca brasileiro...

[ 16/1/2019 ]
Fornecedora de montadoras implanta plata...

[ 16/1/2019 ]
Carros Autônomos: marca americana mostra...

[ 16/1/2019 ]
VW produzirá modelos elétricos nos EUA...

[ 16/1/2019 ]
Salão de Detroit abre com incertezas sob...

[ 16/1/2019 ]
SUV, caminhões e carros esportivos prota...

[ 15/1/2019 ]
Autopeças faturam 18,9% a mais até novem...

[ 15/1/2019 ]
Com reação da indústria, mercado de ônib...

[ 15/1/2019 ]
CNH anuncia nova estrutura organizaciona...

[ 15/1/2019 ]
País já fez consultas à UE sobre limites...

[ 15/1/2019 ]
Pela quarta vez, Onix é mais vendido...

[ 15/1/2019 ]
Granero renova a frota com 10 VW Constel...

[ 15/1/2019 ]
Grupo Daimler Trucks global vende mais d...

[ 15/1/2019 ]
Tecnologia busca controle total da mobil...

[ 15/1/2019 ]
Ônibus urbanos elétricos eCitaro da Merc...

[ 15/1/2019 ]
SUV, caminhões e carros esportivos prota...




 

Data: 9/2/2018

Subaru vai produzir modelo híbrido com tecnologia da Toyota
 
A Subaru pretende lançar um modelo híbrido plug-in no final deste ano nos Estados Unidos. A fabricante informou que o veículo usará tecnologia do Toyota Prius Prime. Com isso, deverá ter uma bateria de íon de lítio de 8,8 kWh e uma transmissão automática CVT.

“Para o nosso híbrido plug-in a ser apresentado este ano, usamos o máximo possível as tecnologias da Toyota”, afirmou o diretor técnico da Subaru, Takeshi Tachimori, em entrevista ao jornal americano Automotive News.

Embora não tenha divulgado qual modelo receberá motorização híbrida, Tachimori confirmou que o carro será produzido no Japão e, inicialmente, vendido em estados dos EUA que seguem o programa Zero Emission Vehicle, como a Califórnia. Nesse caso, estão incluídos Connecticut, Maine, Massachusetts, Nova York e Oregon.

Contudo, Tachimori informou que o modelo terá um motor de combustão interna da própria Subaru, e não da Toyota. Ainda não se sabe os números de economia de combustível com a combinação híbrida. Apenas com eletricidade, o Prius Prime pode rodar até 40 km.

O diretor explicou que a montadora usará a tecnologia da Toyota devido aos recursos mais limitados da Subaru. “Não podemos nos envolver em um desenvolvimento em larga escala”.

Fonte : Jornal do Carro