[ 24/9/2018 ]
Volkswagen pretende iniciar produção de ...

[ 24/9/2018 ]
Crise na Argentina desafia produção de v...

[ 24/9/2018 ]
Salão do Automóvel foca nos elétricos e ...

[ 24/9/2018 ]
Presidenciáveis rejeitam renovar subsídi...

[ 24/9/2018 ]
Jetta ganha traços mais esportivos na li...

[ 24/9/2018 ]
O maior acerto de uma montadora francesa...

[ 24/9/2018 ]
Governo alemão e montadoras continuam co...

[ 24/9/2018 ]
VWCO e Ambev somam forças em prol da mob...

[ 24/9/2018 ]
Salão do Automóvel 2018 terá atrações di...

[ 24/9/2018 ]
GM anuncia vencedores do Prêmio de Suste...

[ 21/9/2018 ]
Volkswagen já avalia alternativas para a...

[ 21/9/2018 ]
Rota 2030 deverá passar no Congresso em ...

[ 21/9/2018 ]
Veículos mais "limpos" evoluem, mas aind...

[ 21/9/2018 ]
Volkswagen trabalhará aos sábados...

[ 21/9/2018 ]
Preço do GNV sobe mais do que o da gasol...

[ 21/9/2018 ]
ANP libera mais R$706,6 milhões à Petrob...

[ 21/9/2018 ]
Diminui a confiança dos empresários da i...

[ 21/9/2018 ]
Jetta ganha traços mais esportivos na li...

[ 21/9/2018 ]
Ambiental restaura trólebus que reúne a ...

[ 21/9/2018 ]
Ônibus, responsável pelo transporte de 8...




 

Data: 13/3/2018

PSA assina acordo para montagem de veículos Opel e Peugeot na Namíbia em 2018
 
O Groupe PSA e o governo da Namíbia assinaram um acordo de investimento que promove a criação de uma joint venture entre o Groupe PSA e a Namibia Development Corporation (NDC) para montagem, a partir do segundo semestre de 2018, de veículos das marcas OPEL e PEUGEOT em Walvis Bay. Um volume anual de 5 mil unidades está planejado para 2020, para atender às expectativas do mercado SACU*.

A produção iniciará com o OPEL GrandlandX, o PEUGEOT 3008 e outros modelos poderão ser montados posteriormente para atender à demanda dos nossos clientes.

Este acordo faz parte do plano estratégico de crescimento rentável “Push to Pass” e tem como objetivo de satisfazer às expectativas dos clientes em todas as regiões em que o Grupo atua. Ele incorpora a ambição do Groupe PSA em se expandir internacionalmente, produzindo diretamente 70% dos veículos vendidos na região do Oriente Médio e da África.

Esse projeto também destaca o potencial de desenvolvimento da marca Opel na região. A produção de modelos da Opel foi decidida e implementada em tempo recorde, menos de quatro meses após o anúncio do plano estratégico PACE!, em 9 de novembro de 2017.

Jean-Christophe Quémard, Vice-Presidente Executivo da região do Oriente Médio e da África do Groupe PSA, comentou: “Este investimento na Namíbia faz parte da estratégia a longo prazo do Groupe PSA para aumentar suas vendas na África e no Oriente Médio, com o objetivo de vender um milhão de veículos em 2025. Esta nova capacidade de produção servirá os mercados da região com produtos OPEL e PEUGEOT, que atenderão às expectativas de nossos clientes”.

Fonte : Revista Torque