[ 18/10/2018 ]
Atrito entre Fiat e Ford põe em xeque Ro...

[ 18/10/2018 ]
CNT defende criação de programa nacional...

[ 18/10/2018 ]
Compradores de treze países vão se reuni...

[ 18/10/2018 ]
Superficialidade de Haddad e Bolsonaro f...

[ 18/10/2018 ]
"Prévia do PIB" tem alta de 0,47% em ago...

[ 18/10/2018 ]
Atividade econômica registra terceiro mê...

[ 18/10/2018 ]
VWCO reforça presença no interior paulis...

[ 18/10/2018 ]
Cummins comemora mês da Diversidade e am...

[ 18/10/2018 ]
Venda de automóveis na Europa recua 23% ...

[ 18/10/2018 ]
A nova diretoria da Adefa...

[ 18/10/2018 ]
A nova diretoria da Adefa...

[ 17/10/2018 ]
BNDES aprova R$ 6,7 milhões para estaçõe...

[ 17/10/2018 ]
Média diária na quinzena supera 10,5 mil...

[ 17/10/2018 ]
Bolsonaro quer destravar projetos de inf...

[ 17/10/2018 ]
Exportador teme ações de novo governo...

[ 17/10/2018 ]
Déficit das autopeças cresce 17% este an...

[ 17/10/2018 ]
Mercedes-Benz comemora novas vendas de ô...

[ 17/10/2018 ]
Mercedes-Benz leva o balcão de peças par...

[ 17/10/2018 ]
Continental Pneus lança banda de rodagem...

[ 17/10/2018 ]
Randon Implementos lança em Chapecó nova...




 

Data: 14/3/2018

Volvo FE na medida para operações urbanas
 
Para minimizar as exaustivas manobras de entra e sai do caminhão na rotina dos serviços de distribuição urbana de carga do motorista, a Volvo Truck incorporou na linha FE cabine com acesso low-entry aliado ao sistema de ajoelhamento, semelhante aos usados por ônibus urbano.

A nova opção certamente é um alívio aos trabalhadores que muitas vezes têm de sair e entrar no caminhão por mais de cinquenta vezes ao dia. Na inédita versão, o primeiro degrau fica a apenas 530 milímetros do chão e com o sistema de rebaixamento ativado, 440 mm.

A segurança é ainda outro item adicional proporcionado pela cabine rebaixada. A partir de uma posição ao dirigir mais próxima do piso, o motorista ganha mais visibilidade ao redor do veículo.

“Enxergar o que está acontecendo em torno do caminhão e possibilitar contato visual com os usuários mais vulneráveis, como pedestres e ciclistas são desafios para operar com segurança no ambiente das cidades”, diz Anders Edenholm, gerente do segmento distribuição da Volvo Trucks.

No quesito visibilidade, a nova opção de cabine também inclui uma janelas extras no canto inferior das portas do veículo, o que naturalmente amplia a visão do condutor.

Além dos benefícios oferecidos pela cabine low-entry, a Volvo complementou o portfólio dos FE com opção de configuração para três passageiros e sistema de suspensão pneumática também para o banco do ajudante.

De acordo com a fabricante, as melhorias na segurança e no conforto da tripulação são demandas provenientes de mercados exigentes, nos quais os itens introduzidos passam a ser obrigatórios para contratos de serviços públicos em alguns locais.

Para os FE, a Volvo dispõe de ampla gama de configurações para o powertrain. Há motores a diesel de 250 a 350 cv, versões movidas a GNV ou biogás combinados com transmissão automatizada I-Shift da marca ou automática fornecida pela Allison. Os veículos podem ser 4×2 ou 6×2.

Fonte : Estadão