[ 22/5/2018 ]
Financiamento de carro tem alta de quase...

[ 22/5/2018 ]
Produção de ônibus cresce 53%...

[ 22/5/2018 ]
IPI dos veículos seguirá baseado na capa...

[ 22/5/2018 ]
Burocracia trava comércio exterior...

[ 22/5/2018 ]
Consumo brasileiro de aço mantém ritmo d...

[ 22/5/2018 ]
Consumo de gás natural aumenta 9% no tri...

[ 22/5/2018 ]
Volvo Cars amplia rede e anuncia cinco n...

[ 22/5/2018 ]
Sem avanço nas negociações, greve contin...

[ 22/5/2018 ]
Volkswagen Gol e Voyage chegam à linha 2...

[ 22/5/2018 ]
Paralisação de caminhoneiros contra alta...

[ 21/5/2018 ]
CEO da Volkswagen expõe apreensão com o ...

[ 21/5/2018 ]
Negociação sobre carros avança entre UE ...

[ 21/5/2018 ]
Trabalhador volta a ter força no berço d...

[ 21/5/2018 ]
Retomada econômica será a mais lenta da ...

[ 21/5/2018 ]
RenovaBio ainda enfrenta divergência qua...

[ 21/5/2018 ]
Volvo amplia capacidades de seus caminhõ...

[ 21/5/2018 ]
XC60 equaciona luxo, desempenho e tecnol...

[ 21/5/2018 ]
Fiat deixará de fabricar carros para mer...

[ 21/5/2018 ]
Uruguai possui trajeto completo de bomba...

[ 21/5/2018 ]
Volkswagen abre inscrições para o "Talen...




 

Data: 14/3/2018

Volvo FE na medida para operações urbanas
 
Para minimizar as exaustivas manobras de entra e sai do caminhão na rotina dos serviços de distribuição urbana de carga do motorista, a Volvo Truck incorporou na linha FE cabine com acesso low-entry aliado ao sistema de ajoelhamento, semelhante aos usados por ônibus urbano.

A nova opção certamente é um alívio aos trabalhadores que muitas vezes têm de sair e entrar no caminhão por mais de cinquenta vezes ao dia. Na inédita versão, o primeiro degrau fica a apenas 530 milímetros do chão e com o sistema de rebaixamento ativado, 440 mm.

A segurança é ainda outro item adicional proporcionado pela cabine rebaixada. A partir de uma posição ao dirigir mais próxima do piso, o motorista ganha mais visibilidade ao redor do veículo.

“Enxergar o que está acontecendo em torno do caminhão e possibilitar contato visual com os usuários mais vulneráveis, como pedestres e ciclistas são desafios para operar com segurança no ambiente das cidades”, diz Anders Edenholm, gerente do segmento distribuição da Volvo Trucks.

No quesito visibilidade, a nova opção de cabine também inclui uma janelas extras no canto inferior das portas do veículo, o que naturalmente amplia a visão do condutor.

Além dos benefícios oferecidos pela cabine low-entry, a Volvo complementou o portfólio dos FE com opção de configuração para três passageiros e sistema de suspensão pneumática também para o banco do ajudante.

De acordo com a fabricante, as melhorias na segurança e no conforto da tripulação são demandas provenientes de mercados exigentes, nos quais os itens introduzidos passam a ser obrigatórios para contratos de serviços públicos em alguns locais.

Para os FE, a Volvo dispõe de ampla gama de configurações para o powertrain. Há motores a diesel de 250 a 350 cv, versões movidas a GNV ou biogás combinados com transmissão automatizada I-Shift da marca ou automática fornecida pela Allison. Os veículos podem ser 4×2 ou 6×2.

Fonte : Estadão