[ 24/9/2018 ]
Volkswagen pretende iniciar produção de ...

[ 24/9/2018 ]
Crise na Argentina desafia produção de v...

[ 24/9/2018 ]
Salão do Automóvel foca nos elétricos e ...

[ 24/9/2018 ]
Presidenciáveis rejeitam renovar subsídi...

[ 24/9/2018 ]
Jetta ganha traços mais esportivos na li...

[ 24/9/2018 ]
O maior acerto de uma montadora francesa...

[ 24/9/2018 ]
Governo alemão e montadoras continuam co...

[ 24/9/2018 ]
VWCO e Ambev somam forças em prol da mob...

[ 24/9/2018 ]
Salão do Automóvel 2018 terá atrações di...

[ 24/9/2018 ]
GM anuncia vencedores do Prêmio de Suste...

[ 21/9/2018 ]
Volkswagen já avalia alternativas para a...

[ 21/9/2018 ]
Rota 2030 deverá passar no Congresso em ...

[ 21/9/2018 ]
Veículos mais "limpos" evoluem, mas aind...

[ 21/9/2018 ]
Volkswagen trabalhará aos sábados...

[ 21/9/2018 ]
Preço do GNV sobe mais do que o da gasol...

[ 21/9/2018 ]
ANP libera mais R$706,6 milhões à Petrob...

[ 21/9/2018 ]
Diminui a confiança dos empresários da i...

[ 21/9/2018 ]
Jetta ganha traços mais esportivos na li...

[ 21/9/2018 ]
Ambiental restaura trólebus que reúne a ...

[ 21/9/2018 ]
Ônibus, responsável pelo transporte de 8...




 

Data: 15/3/2018

Chevrolet prepara importação de novo lote do Camaro
 
Mais um lote do Camaro SS está a caminho do Brasil. São aproximadamente 120 unidades da versão cupê e também da conversível que desembarcam a partir da segunda quinzena de março já como modelo 2018. Esta é a terceira remessa importada pela Chevrolet desde a apresentação da nova geração do modelo, na última edição do Salão do Automóvel de São Paulo.

“O primeiro lote do novo modelo com 100 unidades da edição comemorativa Fifty foi negociado logo na semana do lançamento. Já o segundo, com pouco mais de 130 unidades da versão SS, chegou em março e foi praticamente todo reservado antes do fim do ano. A terceira remessa, a do modelo 2018, chega dentro dessa mesma estratégia: a de manter o produto no mesmo patamar de exclusividade”, relata Rafael L. Santos, diretor de vendas da GM Mercosul.

O Camaro é o superesportivo de maior sucesso do mercado brasileiro. Com as unidades adicionais que estão sendo trazidas, o modelo alcançará 6,5 mil unidades emplacadas no país.

“Além de ser um ícone, o Camaro diferencia-se de outros Muscle Cars por oferecer opção de capota conversível”, lembra o diretor de vendas da GM Mercosul.

Cupê e conversível

O Camaro é o carro mais potente e rápido da linha Chevrolet no país. Equipado com motor 6.2 V8 de 461 cavalos e 62,9 kgfm de torque, o veículo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em cerca de 4s. O câmbio é automático sequencial de oito marchas com opção de trocas por meio de aletas atrás do volante.

Este propulsor oferece tecnologias avançadas, como a nova geração do sistema AFM (Active Fuel Management) de desligamento automático dos cilindros. Em velocidades de cruzeiro, como em uma viagem rodoviária tranquila, o sistema de gerenciamento do motor desativa metade dos cilindros para poupar combustível.

O superesportivo da Chevrolet oferece ainda seletor com quatro modos de condução, sistema de vetorização do torque, freios de alta performance Brembo com assistência de frenagem de urgência, alertas anti-distração, oito airbags, pneus de alta performance, teto solar, faróis de xenônio e lanternas com LEDs.

A cabine do Camaro traz avançados recursos, como painel com tela customizável, Heads-up Display, multimídia Mylink de última geração com Android Auto e Apple Car Play, alto-falantes Bose, carregador wireless para smartphone, volante com aquecimento, bancos dianteiros com ventilação, ajuste elétrico e memória, ar-condicionado dual zone, além de partida remota da ignição.

O Camaro de sexta geração é produzido nos Estados Unidos e caracterizado pelo design imponente e musculoso. Está disponível no mercado brasileiro em duas opções de carroceria - cupê e conversível – e cinco opções de cores: branco, preto, vermelho, azul e amarelo.

Fonte : O Brasil Sobre Rodas