[ 26/9/2018 ]
Scania acelera produção em São Bernardo ...

[ 26/9/2018 ]
Effa Motors planeja novos modelos e ampl...

[ 26/9/2018 ]
Autopeças brasileiras ganham espaço na A...

[ 26/9/2018 ]
De janeiro até a terceira semana de sete...

[ 26/9/2018 ]
Atlas da Acidentalidade aponta os piores...

[ 26/9/2018 ]
O perigo de comprar SUVs no Brasil...

[ 26/9/2018 ]
DAF começa a produzir caminhões na Austr...

[ 26/9/2018 ]
BMW faz alerta sobre lucro, culpa guerra...

[ 26/9/2018 ]
Audi lança serviço de assinatura que per...

[ 26/9/2018 ]
Projeto limita emissão de poluentes por ...

[ 25/9/2018 ]
Minas Gerais paga contrato de R$ 24 milh...

[ 25/9/2018 ]
Déficit das autopeças atinge US$ 4,48 bi...

[ 25/9/2018 ]
Apesar do cenário político, vendas de ca...

[ 25/9/2018 ]
Mercado reduz previsão de crescimento do...

[ 25/9/2018 ]
Mercado financeiro aumenta estimativa de...

[ 25/9/2018 ]
Petrobras reduz o preço da gasolina nas ...

[ 25/9/2018 ]
Veículos elétricos devem ter preços de c...

[ 25/9/2018 ]
Brasil reciclou cerca de 92 milhões de p...

[ 25/9/2018 ]
Randon, de Caxias, anuncia mudanças na á...

[ 25/9/2018 ]
Grupo Traton surge como um gigante em tr...




 

Data: 22/5/2018

Consumo de gás natural aumenta 9% no trimestre
 
O consumo de gás natural no Brasil aumentou 9% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2017, informou ontem (21) a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). Os números, entretanto, apontam para uma redução em março, quando o consumo foi de 57.381 milhões de metros cúbicos por dia, contra 60.496 milhões de metros cúbicos por dia em fevereiro.

O levantamento levou em conta dados consolidados de concessionárias em 20 estados, reunindo informações de diversos segmentos: residencial, comercial e automotivo, entre outros. Segundo a Abegás, no segmento residencial, o índice subiu 19,6%, como “reflexo dos investimentos das concessionárias nas respectivas redes de distribuição”. No setor comercial, a alta foi de 9,3%.

No segmento industrial, o setor automotivo puxou o crescimento do consumo com acréscimo de 8,3% no primeiro trimestre do ano. Com isso, a indústria apresentou expansão de 6,7% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período de 2017. Na comparação de março com fevereiro deste ano, os dados, mais uma vez, mostram retração de 2,8% no consumo na comparação com o mês anterior.

Na geração elétrica, houve crescimento de 21,7% na comparação do primeiro trimestre de 2018 com o mesmo período de 2017. A retração em março foi de 10% em relação a fevereiro.

Dentre as regiões do País, a maior expansão do consumo residencial ficou com o Centro-Oeste, onde houve aumento de 13,5% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. No segmento comercial, a maior alta foi de 22,4%, registrada no Sul do País.

Fonte : O Diário do Norte do Paraná/Agência Brasil