[ 25/6/2018 ]
Carro elétrico da brasileira Mobilis pod...

[ 25/6/2018 ]
Mercado de caminhões usados acumula alta...

[ 25/6/2018 ]
Montadoras discutem mudanças nas vendas ...

[ 25/6/2018 ]
Venda de carros elétricos e híbridos no ...

[ 25/6/2018 ]
Pirelli estreia no segmento de som...

[ 25/6/2018 ]
Furgões Joinville comemora 30 anos e pre...

[ 25/6/2018 ]
Mortes em acidentes de trânsito caem 14%...

[ 25/6/2018 ]
Indústria automotiva mundial enfrentará ...

[ 25/6/2018 ]
Grupo Volkswagen divide responsabilidade...

[ 25/6/2018 ]
Trump ameaça carros europeus com sobreta...

[ 22/6/2018 ]
Consórcio mantém desempenho positivo...

[ 22/6/2018 ]
Scania Top Team contribui para motivar e...

[ 22/6/2018 ]
Metalúrgicos esperam que aliança entre V...

[ 22/6/2018 ]
Rede de aços planos perde fôlego e demon...

[ 22/6/2018 ]
Consórcio de pesados cresce no primeiro ...

[ 22/6/2018 ]
Volvo lança programa de fidelidade...

[ 22/6/2018 ]
4TRUCK projeta crescer 40% em 2018 e em ...

[ 22/6/2018 ]
Mitos e verdades sobre manutenção de seu...

[ 22/6/2018 ]
Apple, Samsung e montadoras criam soluçã...

[ 22/6/2018 ]
Toyota reduz gastos com marketing para i...




 

Data: 22/5/2018

Consumo de gás natural aumenta 9% no trimestre
 
O consumo de gás natural no Brasil aumentou 9% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2017, informou ontem (21) a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). Os números, entretanto, apontam para uma redução em março, quando o consumo foi de 57.381 milhões de metros cúbicos por dia, contra 60.496 milhões de metros cúbicos por dia em fevereiro.

O levantamento levou em conta dados consolidados de concessionárias em 20 estados, reunindo informações de diversos segmentos: residencial, comercial e automotivo, entre outros. Segundo a Abegás, no segmento residencial, o índice subiu 19,6%, como “reflexo dos investimentos das concessionárias nas respectivas redes de distribuição”. No setor comercial, a alta foi de 9,3%.

No segmento industrial, o setor automotivo puxou o crescimento do consumo com acréscimo de 8,3% no primeiro trimestre do ano. Com isso, a indústria apresentou expansão de 6,7% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período de 2017. Na comparação de março com fevereiro deste ano, os dados, mais uma vez, mostram retração de 2,8% no consumo na comparação com o mês anterior.

Na geração elétrica, houve crescimento de 21,7% na comparação do primeiro trimestre de 2018 com o mesmo período de 2017. A retração em março foi de 10% em relação a fevereiro.

Dentre as regiões do País, a maior expansão do consumo residencial ficou com o Centro-Oeste, onde houve aumento de 13,5% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. No segmento comercial, a maior alta foi de 22,4%, registrada no Sul do País.

Fonte : O Diário do Norte do Paraná/Agência Brasil