[ 10/12/2018 ]
Crédito deve impulsionar vendas de veícu...

[ 10/12/2018 ]
Contratação de crédito rural do Plano Sa...

[ 10/12/2018 ]
Dependência maior do mercado interno...

[ 10/12/2018 ]
Inflação fica negativa em 0,21% em novem...

[ 10/12/2018 ]
70% das empresas tentam escapar da alta ...

[ 10/12/2018 ]
Concessionário da Jaguar Land Rover mais...

[ 10/12/2018 ]
Chatbot vendeu C4 Cactus no Brasil...

[ 10/12/2018 ]
Volkswagen Voyage é o carro que mais dep...

[ 10/12/2018 ]
Iveco Hi-Road, o irmão menor do Hi-Way...

[ 10/12/2018 ]
O Volkswagen Logus, a Ferrari Dino e os ...

[ 7/12/2018 ]
Anfavea prevê crescimento de dois dígito...

[ 7/12/2018 ]
Argentina frustra estimativa de produção...

[ 7/12/2018 ]
Demanda por máquinas agrícolas e rodoviá...

[ 7/12/2018 ]
Para Anfavea, montadoras terão de arcar ...

[ 7/12/2018 ]
Brasileiro não está disposto a trabalhar...

[ 7/12/2018 ]
Até novembro, mais de 2,7 milhões de veí...

[ 7/12/2018 ]
2018, o ano em que a indústria retomou o...

[ 7/12/2018 ]
Fábrica da Goodyear em Americana complet...

[ 7/12/2018 ]
Iveco lança o caminhão pesado Hi-Road...

[ 7/12/2018 ]
Como a indústria automobilística brasile...




 

Data: 18/6/2018

Em três anos, Toyota dobrou investimentos no País
 
No início de junho, a Toyota lançou no Brasil o Yaris, compacto premium que já vendeu 300 mil unidades no mundo. Para iniciar a produção do novo veículo - que será fabricado nas versões sedan e hatch - a montadora investiu R$ 1 bilhão na fábrica de Sorocaba (SP) e a capacidade produtiva local saltou de 108 mil para 160 mil veículos/ano.

Com os recentes recursos empregados em Sorocaba e na fábrica de motores de Porto Feliz, também em São Paulo, a Toyota totaliza R$ 4,2 bilhões investidos no Brasil desde 2012. Mais da metade desse montante nos últimos três anos: em 2015/2016, foram investidos R$ 580 milhões para a construção da planta de Porto Feliz, R$ 70 milhões no Projeto SBC Reborn; em 2017 foram destinados mais R$ 600 milhões para a expansão da fábrica de Porto Feliz, ampliando a capacidade de 108 mil para 174 mil motores/ano, e R$ 1 bilhão para a preparação da unidade de Sorocaba para produção do Yaris, totalizando R$ 2,25 bilhões.

E a montadora dá sinais de continuar apostando no mercado brasileiro: durante o lançamento do Yaris o presidente da Toyota do Brasil, Rafael Chang, disse a jornalistas que a montadora já estuda um novo programa de investimentos para o Brasil que deve incluir a produção de um utilitário-esportivo (SUV) de pequeno porte. “Detalhes do novo plano dependem, em parte, da aprovação do Rota 2030, o novo regime automotivo que está parado nas mãos do governo há pelo menos seis meses”, segundo publicou o jornal O Estado de S. Paulo.

Além disso, em maio, a Toyota informou que estas duas fábricas passarão a operar em três turnos a partir de novembro deste ano. No total, somadas às ampliações realizadas, serão abertas 870 vagas nas duas unidades, além de outras 700 no seu parque de fornecedores - que aliás foi ampliado com a chegada de novos parceiros, como a Hi-Lex (cabos) e a NAL (faróis de led).

O Yaris chega ao mercado já com 75% dos componentes nacionalizados. A montadora conta atualmente com 130 fornecedores no Brasil - 72 deles irão fornecer peças para o novo veículo, sendo que seis estão fornecendo à Toyota pela primeira vez.

Fonte : Usinagem-Brasil