[ 10/12/2018 ]
Crédito deve impulsionar vendas de veícu...

[ 10/12/2018 ]
Contratação de crédito rural do Plano Sa...

[ 10/12/2018 ]
Dependência maior do mercado interno...

[ 10/12/2018 ]
Inflação fica negativa em 0,21% em novem...

[ 10/12/2018 ]
70% das empresas tentam escapar da alta ...

[ 10/12/2018 ]
Concessionário da Jaguar Land Rover mais...

[ 10/12/2018 ]
Chatbot vendeu C4 Cactus no Brasil...

[ 10/12/2018 ]
Volkswagen Voyage é o carro que mais dep...

[ 10/12/2018 ]
Iveco Hi-Road, o irmão menor do Hi-Way...

[ 10/12/2018 ]
O Volkswagen Logus, a Ferrari Dino e os ...

[ 7/12/2018 ]
Anfavea prevê crescimento de dois dígito...

[ 7/12/2018 ]
Argentina frustra estimativa de produção...

[ 7/12/2018 ]
Demanda por máquinas agrícolas e rodoviá...

[ 7/12/2018 ]
Para Anfavea, montadoras terão de arcar ...

[ 7/12/2018 ]
Brasileiro não está disposto a trabalhar...

[ 7/12/2018 ]
Até novembro, mais de 2,7 milhões de veí...

[ 7/12/2018 ]
2018, o ano em que a indústria retomou o...

[ 7/12/2018 ]
Fábrica da Goodyear em Americana complet...

[ 7/12/2018 ]
Iveco lança o caminhão pesado Hi-Road...

[ 7/12/2018 ]
Como a indústria automobilística brasile...




 

Data: 22/6/2018

Apple, Samsung e montadoras criam solução padronizada para abrir carros com o celular
 
Algumas das principais fabricantes de eletrônicos e de veículos querem que o celular seja mais útil para motoristas. Para isso, elas mantêm o Consórcio de Conectividade de Carros e trabalham em algumas soluções nesse sentido.

A mais recente delas define um padrão para o smartphone ser usado como chave para abrir um automóvel. Assim, os motoristas poderão trancar, destrancar, ligar o motor e compartilhar o acesso de carro com outras pessoas por meio do iPhone, por exemplo.

A chave digital, como é chamada pelo consórcio, se conectará aos carros por meio de NFC. Ainda que algumas fabricantes já contem com soluções nesse sentido, a padronização deverá garantir que mais celulares sejam capazes de abrir mais veículos.

O projeto tem a contribuição de mais de 70 empresas como Apple, Samsung, LG, Panasonic, Audi, BMW, General Motors, Hyundai e Volkswagen. Por enquanto, trata-se apenas do início de uma padronização para a chave digital.

Por conta do interesse das empresas, o consórcio passou a trabalhar em uma segunda versão do projeto para padronizar o protocolo de autenticação entre veículos e dispositivos. O objetivo é criar uma solução que diminua os custos da implementação da chave digital. Esta etapa deverá ficar pronta no primeiro trimestre de 2019.

Fonte : Tecnoblog/Car Connectivity/Consortium/Mac Rumors