[ 10/12/2018 ]
Crédito deve impulsionar vendas de veícu...

[ 10/12/2018 ]
Contratação de crédito rural do Plano Sa...

[ 10/12/2018 ]
Dependência maior do mercado interno...

[ 10/12/2018 ]
Inflação fica negativa em 0,21% em novem...

[ 10/12/2018 ]
70% das empresas tentam escapar da alta ...

[ 10/12/2018 ]
Concessionário da Jaguar Land Rover mais...

[ 10/12/2018 ]
Chatbot vendeu C4 Cactus no Brasil...

[ 10/12/2018 ]
Volkswagen Voyage é o carro que mais dep...

[ 10/12/2018 ]
Iveco Hi-Road, o irmão menor do Hi-Way...

[ 10/12/2018 ]
O Volkswagen Logus, a Ferrari Dino e os ...

[ 7/12/2018 ]
Anfavea prevê crescimento de dois dígito...

[ 7/12/2018 ]
Argentina frustra estimativa de produção...

[ 7/12/2018 ]
Demanda por máquinas agrícolas e rodoviá...

[ 7/12/2018 ]
Para Anfavea, montadoras terão de arcar ...

[ 7/12/2018 ]
Brasileiro não está disposto a trabalhar...

[ 7/12/2018 ]
Até novembro, mais de 2,7 milhões de veí...

[ 7/12/2018 ]
2018, o ano em que a indústria retomou o...

[ 7/12/2018 ]
Fábrica da Goodyear em Americana complet...

[ 7/12/2018 ]
Iveco lança o caminhão pesado Hi-Road...

[ 7/12/2018 ]
Como a indústria automobilística brasile...




 

Data: 22/6/2018

4TRUCK projeta crescer 40% em 2018 e em 2019
 
A fabricante de implementos rodoviários 4TRUCK projeta crescer 40% em 2018 e em 2019, focada na expansão da divisão de Unidades Móveis. Segundo Osmar Oliveira, sócio-diretor da empresa, o comportamento do consumidor mudou e obrigou o mercado a se reinventar.

“Para alcançar os clientes, as marcas têm investido em novos formatos de negócios e as unidades móveis têm ganhado muita visibilidade”, disse.

O sócio-diretor decidiu investir em trabalhadores com experiência e vivencia no setor, contratando pessoas para a área comercial, técnica e na produção, tudo para suportar a nova demanda e oferecer assistência especializada em todo o processo, da concepção do projeto ao acabamento da unidade móvel.

“Devido a nossa experiência com implementos rodoviários para transporte de cargas e projetos customizados, era muito comum recebermos solicitações para que executássemos as transformações técnicas nos baús. Com a reestruturação e expansão dessa divisão, hoje nós somos o parceiro estratégico de negócio dos nossos clientes, deixando de vender somente o ‘produto’ e passando a oferecer soluções sobre rodas”, afirma.

Fonte : Frota e Cia