[ 22/2/2019 ]
Crise na Ford será discutida no Palácio ...

[ 22/2/2019 ]
Novos produtos e mercado em alta animam ...

[ 22/2/2019 ]
Sindicato vai até sede da Ford, nos EUA,...

[ 22/2/2019 ]
Consumo de combustíveis se manteve estáv...

[ 22/2/2019 ]
Governo de São Paulo buscará interessado...

[ 22/2/2019 ]
Comerciantes dizem que anúncio de fecham...

[ 22/2/2019 ]
Vendas do Grupo Traton avançam 14% em 20...

[ 22/2/2019 ]
Fábrica da Volkswagen no Paraná completa...

[ 22/2/2019 ]
Toyota terá compartilhamento de veículos...

[ 22/2/2019 ]
Nissan Livina volta com Mitsubishi rebat...

[ 21/2/2019 ]
Empregados da Ford esperam que empresa v...

[ 21/2/2019 ]
Trabalhadores da Ford farão assembleia n...

[ 21/2/2019 ]
Goodyear comemora 100 anos no Brasil ...

[ 21/2/2019 ]
Doria tenta reverter saída da Ford de Sã...

[ 21/2/2019 ]
Veículos de luxo: alugar pode ser 31% ma...

[ 21/2/2019 ]
Audi busca (mais) consumidores jovens co...

[ 21/2/2019 ]
Caminhões DAF se destacam pelos equipame...

[ 21/2/2019 ]
Motor Elétrico da BorgWarner Movimenta C...

[ 21/2/2019 ]
Volvo faz sua primeira entrega de caminh...

[ 20/2/2019 ]
Ford fecha fábrica de São Bernardo do Ca...




 

Data: 11/7/2018

Randon Araraquara entrega primeiro lote de vagões
 
Pouco mais de três meses após inaugurada oficialmente, em 28 de março, a unidade de Araraquara (SP) da Randon S.A Implementos e Participações iniciou, em julho, a produção de vagões ferroviários de carga.

O primeiro lote será destinado ao cliente MRS. Trata-se dos vagões plataforma, modelo PET, projetados para o transporte de materiais siderúrgicos e containeres de 20” e 40”. O vagão possui um PBT de 130 ton e é destinado ao transporte nas vias de bitola larga da MRS. A logística de produção e distribuição dos vagões ferroviários é favorecida pela infraestrutura rodoferroviária da região, colocando a Randon mais próxima dos mercados consumidores. O mix de produtos para o segmento ferroviário conta com os modelos hopper, gôndola, tanque, carga geral, plataforma, sider e telescópico.

Com uma área total de 122 hectares, 25 mil m² dos quais ocupados pela fábrica, área administrativa e apoio, a Randon Araraquara conta com capacidade de produção para até 2.000 unidades/ano, num mix otimizado entre semirreboques e vagões ferroviários, a empresa visa atender, nesta primeira etapa, a demanda de produtos característicos da região sudeste do país, utilizados no cultivo da cana-de-açúcar, no transporte de cargas industrializadas e que se beneficiam da infraestrutura rodoferroviária existente. A mais nova unidade das Empresas Randon recebeu investimentos na ordem de R$ 100 milhões e até agora produziu semirreboques canavieiros fabricados para o transporte de cana-de-açúcar.

Fonte : O Brasil Sobre Rodas