[ 16/8/2018 ]
Linhares terá montadora de automóveis...

[ 16/8/2018 ]
Decreto vai regulamentar incentivo para ...

[ 16/8/2018 ]
No mercado de usados, só os pesados têm ...

[ 16/8/2018 ]
Com capacidade no limite, Hyundai chega ...

[ 16/8/2018 ]
Atividade econômica recua 0,99% no segun...

[ 16/8/2018 ]
Camex zera tarifa de máquinas e equipame...

[ 16/8/2018 ]
Produção de motos sobe 34,7% em julho, d...

[ 16/8/2018 ]
Mercado mundial de veículos cresceu 3,6%...

[ 16/8/2018 ]
Cuidados na volta das férias...

[ 16/8/2018 ]
Caminhoneiros podem fazer check-up gratu...

[ 16/8/2018 ]
Ford apresenta novo veículo em feira de ...

[ 15/8/2018 ]
Novo veículo compacto global da Volks de...

[ 15/8/2018 ]
Com capacidade no limite, Hyundai chega ...

[ 15/8/2018 ]
Scania incorpora nova maneira de vender ...

[ 15/8/2018 ]
Iochpe-Maxion reforça estratégia de inte...

[ 15/8/2018 ]
Vendas especiais para o público PCD disp...

[ 15/8/2018 ]
SUVs e hatches pequenos continuam ganhan...

[ 15/8/2018 ]
Brasil ganha nova geração do Porsche Cay...

[ 15/8/2018 ]
Tratores da Case IH serão entregues a pe...

[ 15/8/2018 ]
Aprenda a trocar os limpadores de para-b...




 

Data: 9/8/2018

Banco Mercedes-Benz expande negócios em 54,6%
 
O Banco Mercedes-Benz registrou crescimento de 54,6% no primeiro semestre deste ano, com total de R$ 1,1 bilhão movimentado em novos negócios. No mesmo período, o saldo da carteira da instituição atingiu R$ 8,2 bilhões, o que representou aumento de 5,1% se comparado ao mesmo período de 2017.

“Com o mercado reagindo e foco total ao cliente, estamos em um ritmo de crescimento constante que se iniciou com o incremento de 20% nos negócios em 2017 e, agora, com os 54,6% obtidos no primeiro semestre de 2018. Nossa intenção é apoiar as vendas da fábrica e concessionárias, garantindo sempre as melhores condições para os clientes”, afirma o diretor comercial do Banco Mercedes-Benz, Diego Marin.

O grande destaque foram os negócios envolvendo ônibus, com R$ 647 milhões negociados até junho, expansão de 180% e o melhor volume obtido em um primeiro semestre desde 2012. Em caminhões foram registrados R$ 632 milhões no período, volume 33,6% superior ao registrado entre janeiro e junho de 2017 (R$ 473 milhões). Em automóveis o volume foi de R$ 175 milhões, alta de 27,7%.

Fonte : AutoIndústria