[ 12/12/2018 ]
Temer sanciona Rota 2030 com veto a bene...

[ 12/12/2018 ]
Scania tem alta de 50,9% na produção de ...

[ 12/12/2018 ]
BYD entrega os primeiros ônibus 100% elé...

[ 12/12/2018 ]
Brasil foi país que mais adotou medidas ...

[ 12/12/2018 ]
Evento da Anfir poderá render US$ 4 milh...

[ 12/12/2018 ]
Setor de transporte cresce 2,3% até sete...

[ 12/12/2018 ]
Produção de motos vai superar 1 milhão d...

[ 12/12/2018 ]
CNH com chip é adiada para o final de 20...

[ 12/12/2018 ]
Fábrica da Volkswagen em Taubaté celebra...

[ 12/12/2018 ]
Nacional, Tiggo 5X agrada pelo estilo, c...

[ 11/12/2018 ]
Mercado de veículos deve ter alta de até...

[ 11/12/2018 ]
Produção de caminhões avança 30% no ano...

[ 11/12/2018 ]
Emplacamentos de janeiro a novembro sobe...

[ 11/12/2018 ]
Scania prevê homologação de ônibus a GNV...

[ 11/12/2018 ]
Jaguar E-Pace fica quase R$ 30 mil mais ...

[ 11/12/2018 ]
VWCO financia peças e serviços...

[ 11/12/2018 ]
IPVA 2019: Planejamento é a solução para...

[ 11/12/2018 ]
Carros que deverão ser substituídos no a...

[ 11/12/2018 ]
Sindicatos e montadoras dos EUA pedem re...

[ 10/12/2018 ]
Crédito deve impulsionar vendas de veícu...




 

Data: 24/9/2018

Volkswagen pretende iniciar produção de ônibus híbrido elétrico no Brasil
 
A Volkswagen pretende iniciar a produção de um ônibus híbrido elétrico no Brasil em 2021. O anúncio foi feito por Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America, que controla a empresa em Hannover, na Alemanha.

Chamado de Volksbus e-Flex, o modelo ainda está em fase de testes. O protótipo tem um motor movido a etanol ou a gasolina. Quando o propulsor está em funcionamento, gera energia para a bateria da parte elétrica.

Desta forma, segundo a Volkswagen, a eficiência do combustível é pelo menos 30% superior à de um veículo tradicional.

O motor utilizado no ônibus seria o mesmo do Golf, um veículo leve produzido pela Volkswagen. As informações foram publicadas pelo Estado de S.Paulo.

Portal de logística

Outra novidade da marca é que a Volkswagen Caminhões e Ônibus vai lançar no Brasil um portal digital de logística. O objetivo é ampliar receitas como mercado de serviços de transportes, conforme informado por Roberto Cortes.

Inicialmente, o produto será para veículos da marca, que a partir de 2019 já vão sair de fábrica com uma conexão digital chamada de RIO Box. O nome é por conta da parceria com a RIO, que também é controlada pelo Grupo Traton, assim como a Volkswagen Caminhões e Ônibus.

A tecnologia vai funcionar, segundo Cortes, a partir da inteligência de dados de uso do veículo, que vão ficar armazenados em uma nuvem. Com isso, será possível oferecer 20 serviços que atualmente são comprados individualmente.

Os serviços incluem encomendas para troca de peças, revisão, monitoramento de segurança e, até mesmo, apólices de seguro sob medida.

Fonte : Diário do Transporte/Reuters/Jessica Marques