[ 17/10/2018 ]
BNDES aprova R$ 6,7 milhões para estaçõe...

[ 17/10/2018 ]
Média diária na quinzena supera 10,5 mil...

[ 17/10/2018 ]
Bolsonaro quer destravar projetos de inf...

[ 17/10/2018 ]
Exportador teme ações de novo governo...

[ 17/10/2018 ]
Déficit das autopeças cresce 17% este an...

[ 17/10/2018 ]
Mercedes-Benz comemora novas vendas de ô...

[ 17/10/2018 ]
Mercedes-Benz leva o balcão de peças par...

[ 17/10/2018 ]
Continental Pneus lança banda de rodagem...

[ 17/10/2018 ]
Randon Implementos lança em Chapecó nova...

[ 17/10/2018 ]
Fábrica da Volkswagen em São Carlos cele...

[ 16/10/2018 ]
Venda de carros desacelera em 2019...

[ 16/10/2018 ]
Vendas diretas já respondem por quase a ...

[ 16/10/2018 ]
Incerteza política derruba Brasil em ran...

[ 16/10/2018 ]
Acionistas não desistirão do Brasil, diz...

[ 16/10/2018 ]
Justiça suspende instalação de placas pa...

[ 16/10/2018 ]
Anistia de multas pode ser votada hoje n...

[ 16/10/2018 ]
Hatches pequenos e SUVS dominam o mercad...

[ 16/10/2018 ]
Venda de automóveis na China sofre a mai...

[ 16/10/2018 ]
Ford Europa inicia produção da van elétr...

[ 16/10/2018 ]
Scania na Fetranslog: vivenciando os ben...




 

Data: 24/9/2018

Volkswagen pretende iniciar produção de ônibus híbrido elétrico no Brasil
 
A Volkswagen pretende iniciar a produção de um ônibus híbrido elétrico no Brasil em 2021. O anúncio foi feito por Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America, que controla a empresa em Hannover, na Alemanha.

Chamado de Volksbus e-Flex, o modelo ainda está em fase de testes. O protótipo tem um motor movido a etanol ou a gasolina. Quando o propulsor está em funcionamento, gera energia para a bateria da parte elétrica.

Desta forma, segundo a Volkswagen, a eficiência do combustível é pelo menos 30% superior à de um veículo tradicional.

O motor utilizado no ônibus seria o mesmo do Golf, um veículo leve produzido pela Volkswagen. As informações foram publicadas pelo Estado de S.Paulo.

Portal de logística

Outra novidade da marca é que a Volkswagen Caminhões e Ônibus vai lançar no Brasil um portal digital de logística. O objetivo é ampliar receitas como mercado de serviços de transportes, conforme informado por Roberto Cortes.

Inicialmente, o produto será para veículos da marca, que a partir de 2019 já vão sair de fábrica com uma conexão digital chamada de RIO Box. O nome é por conta da parceria com a RIO, que também é controlada pelo Grupo Traton, assim como a Volkswagen Caminhões e Ônibus.

A tecnologia vai funcionar, segundo Cortes, a partir da inteligência de dados de uso do veículo, que vão ficar armazenados em uma nuvem. Com isso, será possível oferecer 20 serviços que atualmente são comprados individualmente.

Os serviços incluem encomendas para troca de peças, revisão, monitoramento de segurança e, até mesmo, apólices de seguro sob medida.

Fonte : Diário do Transporte/Reuters/Jessica Marques