[ 16/1/2019 ]
Produção de picapes marca início da parc...

[ 16/1/2019 ]
Setor de caminhões em bom momento...

[ 16/1/2019 ]
Setor automotivo segue otimista, mas pre...

[ 16/1/2019 ]
Com DNA alemão, concessionária Ssangyong...

[ 16/1/2019 ]
Os 60 anos do Fusca brasileiro...

[ 16/1/2019 ]
Fornecedora de montadoras implanta plata...

[ 16/1/2019 ]
Carros Autônomos: marca americana mostra...

[ 16/1/2019 ]
VW produzirá modelos elétricos nos EUA...

[ 16/1/2019 ]
Salão de Detroit abre com incertezas sob...

[ 16/1/2019 ]
SUV, caminhões e carros esportivos prota...

[ 15/1/2019 ]
Autopeças faturam 18,9% a mais até novem...

[ 15/1/2019 ]
Com reação da indústria, mercado de ônib...

[ 15/1/2019 ]
CNH anuncia nova estrutura organizaciona...

[ 15/1/2019 ]
País já fez consultas à UE sobre limites...

[ 15/1/2019 ]
Pela quarta vez, Onix é mais vendido...

[ 15/1/2019 ]
Granero renova a frota com 10 VW Constel...

[ 15/1/2019 ]
Grupo Daimler Trucks global vende mais d...

[ 15/1/2019 ]
Tecnologia busca controle total da mobil...

[ 15/1/2019 ]
Ônibus urbanos elétricos eCitaro da Merc...

[ 15/1/2019 ]
SUV, caminhões e carros esportivos prota...




 

Data: 9/11/2018

Ford compra startup de patinete elétrico de São Francisco
 
A Ford Motor anunciou nesta quinta-feira, 8, que vai se juntar ao crescente movimento de micromobilidade com a aquisição da Spin, uma empresa de aluguel de patinetes elétricos fundada há dois anos no estado de São Francisco.

A segunda maior montadora dos Estados Unidos, uma das primeiras a entrar no setor, investirá cerca de 200 milhões de dólares na Spin, segundo uma fonte a par do assunto.

O preço de aquisição é ofuscado pelos investimentos – e avaliações – na Lime e Bird, as líderes de mercado dos EUA em um setor que só começou a acelerar a cerca de oito meses atrás.

A Lime, fundada em 2017, recebeu mais de 450 milhões de dólares em fundos, com uma avaliação de mais de 4 bilhões de dólares. Seus investidores incluem a gigante do compartilhamento de transporte urbano por aplicativo Uber e a Alphabet. Já a Bird, também lançada em 2017, atraiu 400 milhões de dólares em investimentos e é avaliada em 2 bilhões de dólares.

Em uma entrevista, Marcy Klevorn, presidente da unidade de mobilidade da Ford, disse que a aquisição da Spin “preenche uma lacuna em nosso portfólio de mobilidade”, enquanto fornece transporte acessível nas cidades e nos campi universitários.

“Nossa estratégia geral é oferecer aos clientes uma escolha, seja comprar ou alugar (um veículo) ou pagar pelo uso”, disse Klevorn. “Estamos tentando nos adaptar para aonde o mercado está indo – e os patinetes complementam isso”.

Fonte : Portal Exame/Reuters/Paul Lienert