[ 8/3/2019 ]
Governo cobra da Ford solução para fábri...

[ 8/3/2019 ]
Foton inaugura nova revenda em São Paulo...

[ 8/3/2019 ]
Venda de importados cai 3% em fevereiro...

[ 8/3/2019 ]
Em São Bernardo, trabalhadores da Ford f...

[ 8/3/2019 ]
Caminhões e ônibus lideram venda de veíc...

[ 8/3/2019 ]
Roberto Cortes tem audiência com o gover...

[ 8/3/2019 ]
Volvo vai limitar carros a 180 km/h a pa...

[ 8/3/2019 ]
Chevrolet Cruze deixa de ser fabricado n...

[ 8/3/2019 ]
Toyota anuncia aposentadoria de Steve St...

[ 8/3/2019 ]
BYD Europa fornecerá 30 ônibus elétricos...

[ 7/3/2019 ]
Trabalhadores da Ford convocam protesto ...

[ 7/3/2019 ]
Vendas de caminhões avança 66% em fevere...

[ 7/3/2019 ]
Mercado de veículos usados segue em alta...

[ 7/3/2019 ]
Mercado reduz expectativa de crescimento...

[ 7/3/2019 ]
Conceito de Indústria 4.0 chega à linha ...

[ 7/3/2019 ]
Programa de inclusão social de Resende g...

[ 7/3/2019 ]
Volvo FH540 assume liderança das vendas ...

[ 7/3/2019 ]
Etios despenca nas vendas com chegada do...

[ 7/3/2019 ]
Bugatti lança o carro mais caro da histó...

[ 7/3/2019 ]
Quem é Carlos Ghosn, executivo brasileir...




 

Data: 9/11/2018

Ford compra startup de patinete elétrico de São Francisco
 
A Ford Motor anunciou nesta quinta-feira, 8, que vai se juntar ao crescente movimento de micromobilidade com a aquisição da Spin, uma empresa de aluguel de patinetes elétricos fundada há dois anos no estado de São Francisco.

A segunda maior montadora dos Estados Unidos, uma das primeiras a entrar no setor, investirá cerca de 200 milhões de dólares na Spin, segundo uma fonte a par do assunto.

O preço de aquisição é ofuscado pelos investimentos – e avaliações – na Lime e Bird, as líderes de mercado dos EUA em um setor que só começou a acelerar a cerca de oito meses atrás.

A Lime, fundada em 2017, recebeu mais de 450 milhões de dólares em fundos, com uma avaliação de mais de 4 bilhões de dólares. Seus investidores incluem a gigante do compartilhamento de transporte urbano por aplicativo Uber e a Alphabet. Já a Bird, também lançada em 2017, atraiu 400 milhões de dólares em investimentos e é avaliada em 2 bilhões de dólares.

Em uma entrevista, Marcy Klevorn, presidente da unidade de mobilidade da Ford, disse que a aquisição da Spin “preenche uma lacuna em nosso portfólio de mobilidade”, enquanto fornece transporte acessível nas cidades e nos campi universitários.

“Nossa estratégia geral é oferecer aos clientes uma escolha, seja comprar ou alugar (um veículo) ou pagar pelo uso”, disse Klevorn. “Estamos tentando nos adaptar para aonde o mercado está indo – e os patinetes complementam isso”.

Fonte : Portal Exame/Reuters/Paul Lienert