[ 14/12/2018 ]
Venda de veículos pode crescer até 12% e...

[ 14/12/2018 ]
Toyota produzirá veículo híbrido flex em...

[ 14/12/2018 ]
Mecanização tem novo avanço na agricultu...

[ 14/12/2018 ]
Secretário do Tesouro critica postura de...

[ 14/12/2018 ]
OMC condena cinco de sete programas de i...

[ 14/12/2018 ]
Fux revoga sua própria decisão e multas ...

[ 14/12/2018 ]
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% ...

[ 14/12/2018 ]
Indústria automotiva do Sul Fluminense c...

[ 14/12/2018 ]
Ford Ranger Storm: versão com visual de ...

[ 14/12/2018 ]
Petroleira apoiou plano de Trump de carr...

[ 13/12/2018 ]
Montadoras pedem benefícios fiscais para...

[ 13/12/2018 ]
Siemens cria área com foco no setor auto...

[ 13/12/2018 ]
Volkswagen Caminhões e Ônibus amplia pro...

[ 13/12/2018 ]
Sindipeças fecha contratos coletivos de ...

[ 13/12/2018 ]
Projeto da Mercedes-Benz de educação no ...

[ 13/12/2018 ]
Família poderá entrar em imóvel de Ghosn...

[ 13/12/2018 ]
Renault pede que Nissan não contate seus...

[ 13/12/2018 ]
Transportes são responsáveis por 25% das...

[ 13/12/2018 ]
Grupo VIP adquire 50 ônibus Mercedes-Ben...

[ 12/12/2018 ]
Temer sanciona Rota 2030 com veto a bene...




 

Data: 14/11/2018

Mercedes-Benz amplia presença no Oriente Médio
 
A Mercedes-Benz embarca lote de quarenta caminhões Atego 1726 4×4 para a Abu Dhabi. Com o negócio, a fabricante de São Bernardo do Campo (SP) apura crescimento 30% nas remessas de veículos traçados para a capital do Emirados Árabes Unidos.

“Estamos alinhados com a nossa expectativa de aumento de 40% nas exportações de caminhões para as regiões do Oriente Médio e África, com venda de 350 unidades em 2018”, revela em nota Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas e marketing caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Os modelos seguem para Emirates Motor Company, concessionário local para oferta aos clientes que atuam no transporte de água, óleo e gás, serviços municipais, transferência de carga e construção civil.

Antes de serem embarcados, os modelos passam por adaptações específicas para atender às demandas da região, como pneus mais largos para enfrentar condições de deserto, escapamento vertical, iluminação de emergência no teto, além de instalar o idioma árabe no painel de instrumentos.

Para otimizar a logística, os embarques foram realizados em quatro lotes de dez unidades cada. O último deles ocorreu no início do mês.

Fonte : AutoIndústria