[ 8/3/2019 ]
Governo cobra da Ford solução para fábri...

[ 8/3/2019 ]
Foton inaugura nova revenda em São Paulo...

[ 8/3/2019 ]
Venda de importados cai 3% em fevereiro...

[ 8/3/2019 ]
Em São Bernardo, trabalhadores da Ford f...

[ 8/3/2019 ]
Caminhões e ônibus lideram venda de veíc...

[ 8/3/2019 ]
Roberto Cortes tem audiência com o gover...

[ 8/3/2019 ]
Volvo vai limitar carros a 180 km/h a pa...

[ 8/3/2019 ]
Chevrolet Cruze deixa de ser fabricado n...

[ 8/3/2019 ]
Toyota anuncia aposentadoria de Steve St...

[ 8/3/2019 ]
BYD Europa fornecerá 30 ônibus elétricos...

[ 7/3/2019 ]
Trabalhadores da Ford convocam protesto ...

[ 7/3/2019 ]
Vendas de caminhões avança 66% em fevere...

[ 7/3/2019 ]
Mercado de veículos usados segue em alta...

[ 7/3/2019 ]
Mercado reduz expectativa de crescimento...

[ 7/3/2019 ]
Conceito de Indústria 4.0 chega à linha ...

[ 7/3/2019 ]
Programa de inclusão social de Resende g...

[ 7/3/2019 ]
Volvo FH540 assume liderança das vendas ...

[ 7/3/2019 ]
Etios despenca nas vendas com chegada do...

[ 7/3/2019 ]
Bugatti lança o carro mais caro da histó...

[ 7/3/2019 ]
Quem é Carlos Ghosn, executivo brasileir...




 

Data: 15/1/2019

CNH anuncia nova estrutura organizacional
 
Com o objetivo de ser tonar mais enxuta e ágil, simplificando seus processos de decisão, a CNH Industrial decidiu ciar uma nova estrutura organizacional e também fortalecer o seu Comitê Executivo Global (GEC), anteriormente chamado de Conselho Executivo do Grupo.

Os mercados de alto crescimento – América do Sul (incluindo América Central e Caribe), Ásia, Oriente Médio e África – gerenciarão e coordenarão a partir de agora as atividades regionais de vendas, distribuição e negócios em todos os segmentos, assim como as alianças estratégicas da empresa localmente.

Com a nova estrutura, a CNHi quer acelerar o crescimento e a lucratividade, com a tomada de decisões mais rápidas e focadas no mercado, tanto em termos de hardware e software quanto de novos modelos de negócios.

“Nosso setor está experimentando uma aceleração e uma magnitude crescente de mudanças alimentadas por megatendências, como digitalização, automação, eletrificação e novos serviços. As empresas precisam se adaptar, mudar e revitalizar continuamente para responder a esses desafios de negócios e gerar valor a longo prazo com sucesso”, disse Hubertus Mühlhäuser, CEO da CNH Industrial.

Antes de optar pelas mudanças anunciadas na segunda-feira, 14, a empresa realizou uma análise detalhada sobre a forma como vinha desenvolvendo seus negócios. “Embora tenhamos encontrado inúmeras áreas de excelência, conforme indicado por nosso sólido desempenho ano após ano, também identificamos oportunidades de melhoria, o que nos levou a anuncia a nova estrutura organizacional”, observou Mühlhäuser.

A CNHi busca, segundo o executivo, tornar-se mais centrada nos clientes dos cinco segmentos nos quais atua. Esses segmentos serão totalmente responsáveis pelo crescimento global e pelo desempenho de seus respectivos negócios, com cada um deles passando agora a ter líderes de linha de produto, de marca e de função de suporte.

O segmento de Agricultura (Case IH e New Holland Agriculture, juntamente com a marca regional da Steyr, presente unicamente na Europa), será liderado por Derek Neilson, enquanto o de veículos comerciais (Iveco, Heuliez Bus e Magirus) ficara a cargo de Gerrit Marx.

A área de construção (Case Construction Equipment e New Holland Construction) será coordenada por Carl Gustaf Gör a ser lansson, e a de Powertrain por Annalisa Stupenengo. Já o sesgmento de serviços financeiros (Banco CNH Industrial) continuará sob a liderança de Oddone Incisa.

A CNHi também decidiu realocar recursos e fundos, a fim de acelerar suas atividades nas áreas de automação, veículos elétricos, digitalização e novos serviços, entre outras. A implementação dessas mudanças organizacionais prosseguirá nos próximos meses e incluirá o desenvolvimento de um plano estratégico de negócios da CNH Industrial baseado na nova estrutura e direção da empresa.

Fonte : AutoIndústria