[ 11/9/2017 ]
• TURBO HONEYWELL PARA CAMINHÕES E ÔNIBUS PROPORCION...
 
[ 24/4/2017 ]
• NA AUTOMEC, HONEYWELL DESTACA ERA DO TURBO NO BRAS...
 
[ 11/1/2017 ]
• DESAFIO ESTUDANTIL AUTOMOTIVO HONEYWELL/SAE ENSINA...
 
[ 24/10/2016 ]
• AMÉRICA DO SUL INGRESSA NA “ERA TURBO” DOS MOTORES...
 
[ 28/9/2016 ]
• HONEYWELL APRESENTOU NA AUTOMECHANIKA FRANKFURT 20...
 
[ 21/3/2016 ]
• ERIC FRAYSSE, VICE-PRESIDENTE MUNDIAL DA HONEYWELL...
 
[ 11/11/2015 ]
• HONEYWELL LANÇA LINHA DE TURBOS REMANUFATURADOS GA...
 
[ 29/9/2015 ]
• HONEYWELL ANUNCIA O REMAN ORIGINAL GARRETT, NOVA L...
 
[ 25/11/2014 ]
• DOUGLAS GONÇALVES, NOVO GERENTE DE VENDAS E MARKET...
 
[ 12/11/2014 ]
• HONEYWELL ACERTA FORNECIMENTO DE TURBOS GARRETT PA...
 
[ 3/11/2014 ]
• HONEYWELL COMEMORA 38 ANOS DE PRODUÇÃO DE TURBOS N...
 
[ 27/10/2014 ]
• HONEYWELL GANHA PRÊMIO INOVAÇÃO VERDE COM TURBO GA...
 
[ 7/10/2014 ]
• MANUTENÇÃO PREVENTIVA FAZ TURBO GARRETT SUPERAR 1,...
 
[ 29/9/2014 ]
• HONEYWELL MOSTRARÁ NA SAE BRASIL VÁLVULA “WASTEGAT...
 
[ 25/9/2014 ]
• TURBOS GARRETT GANHAM NOVAS EMBALAGENS CONTRA FALS...
 
[ 19/9/2014 ]
• COM NOVA FÁBRICA, HONEYWELL VAI TRIPLICAR A PRODUÇ...
 
[ 1/9/2014 ]
• HONEYWELL ANUNCIA OPERAÇÃO CONJUNTA DAS DIVISÕES A...
 
[ 26/8/2014 ]
• GARRETT, MARCA PREFERIDA DE TURBO DO MERCADO BRASI...
 
[ 24/7/2014 ]
• HONEYWELL COMEMORA 15 ANOS DE VITÓRIA NA CORRIDA 2...
 
[ 7/7/2014 ]
• PARA AS FÉRIAS DESTE MÊS, ENGENHEIRO DA BENDIX REC...
 
[ 21/5/2014 ]
• BENDIX GANHA PRÊMIO OS MELHORES DO ANO SINDIREPA E...
 
[ 14/4/2014 ]
• HONEYWELL PRODUZ PASTILHAS DE FREIO DO VW UP! COM ...
 
[ 7/4/2014 ]
• HONEYWELL COMEMORA 20 ANOS DO PRIMEIRO TURBO PARA ...
 
[ 1/4/2014 ]
• HONEYWELL ANUNCIA TURBOS GARRETT DE GEOMETRIA VARI...
 
[ 26/3/2014 ]
• HONEYWELL PARTICIPA DA AUTOMEC PESADOS COM NOVOS T...
 
[ 24/3/2014 ]
• HONEYWELL PARTICIPA DA AUTOMEC COM AMPLA LINHA DE ...
 
[ 6/3/2014 ]
• HONEYWELL FORNECERÁ TURBO GARRETT PARA O MOTOR FER...
 
[ 20/2/2014 ]
• BENDIX LANÇA LINHA DE PASTILHAS DE FREIO PARA OS N...
 
[ 7/1/2014 ]
• JAQUELINE SANTOS É A NOVA SUPERVISORA DE VENDAS DA...
 
[ 12/12/2013 ]
• DIVISÃO DE FREIOS DA HONEYWELL ANUNCIA CRESCIMENTO...
 
[ 26/9/2013 ]
• HONEYWELL LANÇA NOVA LINHA DE TURBOS PARA O MERCAD...
 
[ 20/9/2013 ]
• NOVA TECNOLOGIA HONEYWELL PARA TURBOALIMENTAÇÃO JÁ...
 
[ 16/9/2013 ]
• BENDIX PARTICIPA DA AUTONOR 2013 COM LINHA DE PAST...
 
[ 12/9/2013 ]
• HONEYWELL APRESENTA NA AUTONOR TURBO GARRETT PARA ...
 
[ 21/8/2013 ]
• EM UM ANO, PRODUTOS BENDIX CONQUISTAM 7% DO MERCAD...
 
[ 18/7/2013 ]
• HONEYWELL REVELA TECNOLOGIAS DE TURBOS GARRETT PAR...
 
[ 11/6/2013 ]
• MOTORES TURBINADOS JÁ SÃO MAIORIA ENTRE OS MELHORE...
 
[ 3/6/2013 ]
• BENDIX GANHA O PRÊMIO SINDIREPA-SP DE MELHOR MARCA...
 
[ 15/5/2013 ]
• AUTOMÓVEIS LANÇADOS RECENTEMENTE JÁ DISPÕEM DE PAS...
 
[ 16/4/2013 ]
• NGT10 E NGT12, OS NOVOS TURBOS GARRETT PARA ATENDE...
 
[ 5/4/2013 ]
• PARA A HONEYWELL TURBO TECHNOLOGIES, AUTOMEC 2013 ...
 
[ 3/4/2013 ]
• NA AUTOMEC, BENDIX E JURID LANÇAM FLUIDOS, PASTILH...
 
[ 19/3/2013 ]
• JURID AMPLIA ATUAÇÃO NO MERCADO DE REPOSIÇÃO E LAN...
 
[ 12/3/2013 ]
• MERCADO BRASILEIRO TERÁ, EM 2013, LANÇAMENTO DE MA...
 
[ 28/2/2013 ]
• HONEYWELL TURBO TECHNOLOGIES PROMOVE IVO BELLUCCO ...
 
[ 21/2/2013 ]
• LUBRIFICANTE CERÂMICO ANTIRRUÍDO BENDIX AMPLIA DUR...
 
[ 19/2/2013 ]
• EM 50 ANOS DE TURBO, EMISSÕES E CONSUMO DOS MOTORE...
 
[ 14/2/2013 ]
• HONEYWELL ATINGE 15 ANOS SEM ACIDENTE COM AFASTAME...
 
[ 7/2/2013 ]
• DESEMPENHO POSITIVO DO MERCADO FAZ HONEYWELL MANTE...
 
[ 28/1/2013 ]
• CHRISTIAN STRECK PROMOVIDO A GERENTE DE NEGÓCIOS O...
 


Garrett


- Eventos
- Banco de Imagens

http://www.garrett.com.br/

 

Release: 1/4/2014
HONEYWELL ANUNCIA TURBOS GARRETT DE GEOMETRIA VARIÁVEL DE TERCEIRA GERACÃO NO BRASIL
 
Alta Resolução Produção inicial em 2015 ampliará em 20% o volume da empresa e destina-se a motores Euro 5 de veículos comerciais leves – picapes

A Honeywell Transportation Systems anuncia que produzirá no Brasil turbos com a tecnologia de geometria variável de terceira geração para motores de veículos comerciais leves, como pick-ups e vans equipadas com motor a diesel.

A nova linha de produção, com capacidade inicial de 70 mil unidades, será instalada na fábrica de Guarulhos, SP, onde a empresa produz turbos para motores a diesel de veículos comerciais e máquinas agrícolas. Atualmente, a capacidade instalada da fábrica é de 300 mil turbos/ano.


Para o lançamento da nova linha de turbos de geometria variável, a fábrica de Guarulhos passará por um processo de modernização, com reformulação das atuais linhas de produção e instalação de modernos equipamentos.


O diretor-geral da Honeywell Transportation Systems, José Rubens Vicari, informou que a nova linha de turbos está integrada ao programa de nacionalização dos veículos e contará com forte participação de fornecedores locais, produtores de carcaças, turbinas, rotores e outras peças em alumínio e ferro, o que também contribuirá para o aprimoramento da cadeia produtiva brasileira.


Vicari acrescentou que a nova linha de turbos Garrett de geometria variável vai atender a um amplo mercado, tanto no Brasil quanto em toda a América do Sul. Além das picapes e vans, os novos turbos poderão ser aplicados também em caminhões leves, o que representa um mercado com potencial de 200 mil unidades por ano. “É importante termos ciência de que devemos nos preocupar em investir para ajudar a indústria automobilística brasileira a reforçar a sua posição de liderança também em tecnologias avançadas”, ressaltou.


Pioneirismo



Ao anunciar o novo projeto, o executivo esclareceu que, com esse novo programa, a Honeywell Transportation Systems reafirma o seu pioneirismo na produção de turbos no Brasil. “A empresa foi a primeira a instalar fábrica de turbos no País, em 1976, para atender ao processo de substituição dos motores a gasolina dos caminhões por propulsores a diesel por ocasião da primeira crise internacional do petróleo.


Também lembrou que ao longo de sua atuação no Brasil, forneceu o turbo Garrett T2, em 1994, para o Uno Turbo, primeiro automóvel brasileiro com esse equipamento. Em 2000, lançou o turbo GT 12, para os motores do Gol Turbo e da Parati Turbo, que se transformaram no 1.0L mais potente do mundo, com 112 cv.


Vicari acentuou que a Honeywell Transportation Systems foi, igualmente, a primeira a lançar o turbo de geometria variável no Brasil para a pick-up Ford Ranger 2.8 e, em seguida, para o motor de uma das versões do caminhão leve Mercedes-Benz Accelo.


Vantagens da geometria variável


A tecnologia de geometria variável tem, como principal recurso, a alimentação do motor por intermédio de injetores móveis que acentuam a velocidade com que os gases de escape acionam o rotor da turbina.


A família a ser produzida será de última geração, pioneira com atuador eletrônico, que proporciona controle preciso da pressão de sobrealimentação, melhorando a aceleração do veículo, a economia de combustível e a redução das emissões de gases poluentes.


Em baixas rotações, os injetores permanecem mais fechados, reduzindo o espaço de passagem, o que aumenta da velocidade dos gases. Com a maior velocidade dos gases, o rotor da turbina gira mais rápido, aumentando a pressão de sobrealimentação e o torque do motor.


Nas altas rotações, quando a vazão é maior, os injetores ficam mais abertos, limitando a velocidade dos gases e melhorando, também, a pressão de sobrealimentação e o nível de potência de motor.


A tecnologia do turbo de geometria variável proporciona torque elevado, melhora o comportamento dinâmico, a dirigibilidade, a performance do veículo e o consumo de combustível. Adicionalmente, dinamiza a recirculação dos gases de escape/EGR, contribuindo para redução da emissão de NOx (óxidos de nitrogênio) e CO2 (dióxido de carbono).


Origem da geometria variável


O turbo de geometria variável foi criado nos laboratórios da Honeywell com o objetivo de oferecer às fábricas de veículos motores mais eficientes em desempenho, consumo de combustível e redução de emissões, além de melhor padrão de dirigibilidade.


Proporciona alimentação de forma adequada em todas as faixas de rotação, funcionando como se o motor contasse com várias turbinas, de acordo com a força necessária. Com o turbo de geometria variável o motor responde mais rapidamente nas mais diferentes condições de utilização e a principal vantagem ocorre quando o veículo precisa de força, como em partidas, ultrapassagens ou subidas, principalmente carregado.


É uma tecnologia de turbos lançada em 1995, no motor 1.9L do automóvel Fiat Croma. A segunda geração surgiu em 1998, no BMW Série 1 com aperfeiçoamentos, entre os quais, nova aerodinâmica para as vanes (aletas) e para o rotor de turbina.


Em sua terceira geração, o turbo de geometria variável é controlado por um atuador eletrônico acionado pela unidade de controle do motor, com respostas mais rápidas e maior precisão no valor da pressão de sobrealimentação e, em determinadas condições, a recirculação dos gases de escape, necessária para a redução de emissões.



Fonte : Secco Consultoria


 

Releases Anteriores

[ 2003 ]

[ 2004 ]

[ 2005 ]

[ 2006 ]