[ 17/11/2017 ]
TECNOLOGIA DE MOTORIZAÇÃO ELÉTRICA DA EL...

[ 16/11/2017 ]
PRÊMIO AMERICAR ANUNCIA SEUS VENCEDORES...

[ 16/11/2017 ]
MARCOPOLO EXPORTA ÔNIBUS DOUBLE DECKER P...

[ 9/11/2017 ]
METRA TRANSPORTES PREMIA FUNCIONÁRIOS...

[ 25/10/2017 ]
NEOBUS EXPÕE ÔNIBUS NEW ROAD COM PLATAFO...

[ 16/10/2017 ]
O ÔNIBUS E O TRANSPORTE COLETIVO SUSTENT...

[ 3/10/2017 ]
METRA E EMTU PROMOVEM CAMPANHA OUTUBRO R...

[ 27/9/2017 ]
GUERINO SEISCENTO ADQUIRE NOVOS ÔNIBUS U...

[ 22/9/2017 ]
EM APOIO À SEMANA DA MOBILIDADE 2017, ME...

[ 21/9/2017 ]
ELETRA APRESENTA NO SALÃO LATINO AMERICA...




SECRETÁRIO DE MOBILIDADE E TRANSPORTES DE SÃO PAULO CONHECE DUAL BUS, ÔNIBUS ELÉTRICO DESENVOLVIDO PELA ELETRA
Modelo em utilização pela Metra pode rodar como veículo 100% elétrico, híbrido ou trólebus



Sérgio Avelleda, secretário de Mobilidade e Transportes da Prefeitura de São Paulo, visitou, ontem, dia 16 de agosto, a Eletra, primeira empresa fabricante de ônibus elétricos do Brasil, e a garagem da Metra Transportes, concessionária do Corredor Metropolitano ABD. O objetivo foi conhecer as duas empresas, suas tecnologias e linha de produtos, como o Dual Bus, ônibus elétrico de conceito inédito desenvolvido pioneiramente no Brasil com sistema padronizado de tração, que pode ser alimentado por várias fontes de energia e circular em diferentes configurações: híbrido ou trólebus e híbrido ou elétrico puro em pequenos trechos.

Recebido pela diretora da Metra, Maria Beatriz Setti Braga, e por Iêda Alves Oliveira, da Eletra e diretora da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), Sérgio Avelleda também conheceu a frota da concessionária, uma das menos poluentes do País e que conta com veículos modernos e ecológicos, sendo cerca da metade movida por diferentes combustíveis alternativos.

Durante a visita o secretário reforçou a importância da redução de emissões do transporte público da capital. “Nós vamos incluir na licitação do transporte público metas para a progressiva redução de emissão de gases que poluem o ar de São Paulo. Vamos exigir uma redução anual de emissões. A tecnologia será uma escolha do operador”, revelou.

“A Metra é conhecida por sua frota verde, formada predominantemente por Trólebus, que não emite nenhum poluente no meio ambiente, e veículos híbridos. Também é pioneira na adoção de tecnologias sustentáveis. O início de utilização do Dual Bus reforça a nossa posição de liderança e demonstra que, com posicionamento focado na preservação ambiental, é possível oferecer um transporte público com o mais elevado padrão de excelência”, destaca Maria Beatriz Setti Braga.

Tecnologia brasileira

O Dual Bus é tracionado apenas pelo motor elétrico e a energia para mover esse motor vem de um banco de baterias e de um motor gerador – esse conjunto também tem a função de recarregar as baterias do veículo. Esse modelo de veículo elétrico híbrido funciona com as duas fontes de energia (motor gerador e baterias) operando simultaneamente. Como o motor gerador só é usado para produção de energia (e não para tracionar o ônibus), ele é menor que um motor convencional a diesel. O resultado é a diminuição de emissão de poluentes de 95% em relação à de um ônibus a diesel comum.

O modelo híbrido traz ainda a vantagem de reduzir significativamente a emissão de poluentes e pode chegar a zero na operação com o motor-gerador desligado. O consumo de combustível na versão hibrida tem redução de 28%. Como elétrico puro ou trólebus, além de emissão zero, consome 33% menos energia, pela eficiência na freenagem regenerativa.

Com 23 metros de comprimentos e a capacidade de transportar 153 passageiros, o Dual Bus não demanda investimentos em infraestrutura de recarga para as baterias, pois quando está operando como híbrido ou elétrico, as baterias também são recarregadas nas frenagens por meio de um sistema conhecido como Kers, sigla em inglês para recuperação de energia cinética. Quando o freio é acionado, o motor elétrico vira um gerador e a energia que seria desperdiçada na frenagem é reaproveitada e armazenada no banco de baterias. O ônibus pode rodar até 20 quilômetros como elétrico puro, utilizando somente a energia das baterias.

Sobre a Eletra

Criada em 1988, a Eletra lançou em 1999, o primeiro ônibus elétrico híbrido com tecnologia brasileira. Hoje, a marca está presente em 400 ônibus com tração elétrica em operação na grande São Paulo, além de cidades como Rosário, na Argentina, e Wellington, na Nova Zelândia. Somente na cidade de São Paulo foram fornecidos 220 ônibus elétricos nos últimos quatro anos. A Eletra fabrica veículos com as seguintes tecnologias: Trólebus (rede aérea); Híbrido (grupo motor gerador + baterias); Elétrico puro (baterias); DualBus – Híbrido e Trólebus, e Dual Bus – Híbrido e Elétrico Puro.

Sobre a Metra

A Metra, uma das empresas do tradicional e pioneiro Grupo de Transportes Auto Viação ABC , opera o Corredor Metropolitano São Mateus – Jabaquara que liga as Zonas Leste e Sul e sua extensão Diadema – Brooklin, e completou, em maio, 20 anos de atividades. Foi a primeira concessionária de transporte do Governo do Estado de São Paulo e possui uma frota modelo, com cerca de 270 veículos com tecnologias sustentáveis, como os Trólebus e o Elétrico Puro que não emitem CO2 e os veículos Elétricos Híbridos com baixa emissão de CO2.

Para conhecer mais sobre a Metra, seus projetos e programas, curta a página da empresa no Facebook (facebook.com/metratransportes) ou visite a webpage (http://www.metra.com.br).


Legenda das imagen:
Iêda Alves Oliveira, da Eletra, apresenta o ônibus elétrico para o secretário Sergio Avelleda
Sergio Avelleda com representantes da Eletra, Metra, Cummins e MAN Latin America

Crédito das imagens: Daniela Reis

Fonte : Secco Consultoria de Comunicação