[ 14/8/2018 ]
DANA É UMA DAS 15 MELHORES EMPRESAS PARA...

[ 14/8/2018 ]
NO TRANSPORTE PÚBLICO, CORREDOR SÃO MATE...

[ 8/8/2018 ]
SISTEMA DE TRANSPORTES DA METRA É DESTAQ...

[ 3/8/2018 ]
CULTURA TOUR CELEBRA OS 465 ANOS DA CIDA...

[ 31/7/2018 ]
METRA PARTICIPA DA LAT.BUS & TRANSPÚBLIC...

[ 27/7/2018 ]
SBCTRANS COMEMORA O DIA DO MOTORISTA E H...

[ 24/7/2018 ]
SBCTRANS CRIA INÉDITO SERVIÇO EXPRESSO D...

[ 19/7/2018 ]
SBCTRANS INCORPORA BIOMETRIA FACIAL EM S...

[ 16/7/2018 ]
LÍDER EM TECNOLOGIA, ELETRA EXIBE NA LAT...

[ 11/7/2018 ]
CORPUS E BYD APOIAM PROGRAMA DE LOGÍSTIC...




ACESSIBILIDADE TOTAL CHEGA A SÃO PAULO COM O VOLARE ACCESS
Veículo inédito pode servir de modelo para cidades de todo o País

A Volare participa da iniciativa inédita da SPTrans de criar uma linha na cidade de São Paulo, a 605A/10 – Centro Paralímpico – Metrô Jabaquara, somente com veículos totalmente acessíveis. A fabricante foi a escolhida para fornecer o seu modelo Volare Access.

Esta é a primeira vez na história de São Paulo que atletas, esportistas amadores, funcionários e frequentadores em geral poderão ir e voltar do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CPB) utilizando uma linha do transporte coletivo municipal projetada especialmente para as necessidades de pessoas com deficiência e dificuldades de locomoção. A SPTrans desenvolveu uma configuração inovadora de miniônibus com acessibilidade completa, e sem catraca, para acomodar quatro cadeiras de rodas com cintos de segurança encaixados em trilhos dispostos no piso do veículo.

Para o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, a iniciativa mostra o empenho da atual gestão em fazer de São Paulo uma cidade realmente inclusiva. “Acessibilidade total é uma prioridade dessa administração e a nova linha, além de simbolizar um incentivo a mais para nossos atletas, vem ampliar o leque já oferecido pela Secretaria de Mobilidade e Transportes, com frota de ônibus cada vez mais acessível, ampliação do serviço Atende+ e do táxi acessível, além de maior facilidade para obtenção do bilhete único especial.”

O presidente da SPTrans, José Carlos Martinelli, também ressalta a importância do investimento, que permitirá receber quatro cadeirantes de uma só vez em um único miniônibus do sistema municipal. “É uma configuração inovadora e uma experiência que nos dá muita satisfação porque vai proporcionar melhoria real na rotina de pessoas que precisam e vinham fazendo um esforço enorme para conseguir chegar ao CT Paralímpico”, avalia.

“É muito importante e gratificante participar desta iniciativa e ver que um produto, como o Volare Access, desenvolvido para proporcionar acessibilidade total, está sendo adotado na mais importante metrópole brasileira. Ganham não somente os passageiros, mas toda a sociedade, com uma cidade inclusiva”, enfatiza João Paulo Ledur, diretor do negócio Volare.

O Volare Access, modelo de veículo único no mercado brasileiro, foi desenvolvido para atender a crescente demanda e as necessidades das cidades brasileiras e internacionais por um transporte totalmente acessível, e é, ao mesmo tempo, eficiente em termos de operação e manutenção.

O Volare Access é o primeiro miniônibus com piso baixo, suspensão pneumática “Full Air” e motor traseiro. O seu sistema de rebaixamento total e a rampa de acesso tornam mais fácil, ágil e seguro o embarque e o desembarque de crianças e de pessoas com necessidades especiais. A suspensão pneumática ‘Full Air’, com seis bolsas, reduz significativamente as vibrações transmitidas pelo pavimento, proporcionando a todos os passageiros um rodar suave e confortável.

Com capacidade de transportar 26 passageiros sentados em poltronas do tipo Executiva reclinável, o Volare Access conta com sistema de ar-condicionado, cintos de segurança retráteis, rádio MP3 e grandes vidros laterais colados, que oferecem maior visibilidade, ideal para quem deseja apreciar a paisagem durante o trajeto. O modelo é equipado com motorização traseira Cummins ISF 3.8, com 162 cv de potência e torque de 450 Nm a 1.500 rpm, transmissão mecânica Eaton FSO 4505 C de 5 marchas e direção hidráulica. O posicionamento do motor possibilita fácil acesso a todos os componentes, que ainda possui sistema de refrigeração gerenciado eletronicamente com quatro ventiladores, reduzindo o nível de ruído e assegurando temperatura constante de funcionamento.

A linha 605A/10 (Centro Paralímpico – Metrô Jabaquara), operada pela Mobibrasil, começa a circular no próximo sábado, dia 17 de março, e transportará, em média, 2.500 pessoas por dia útil. Será operada pela Mobibrasil, com 3,9 km de extensão, que deverão ser percorridos em cerca de 15 minutos, e partidas com intervalos também de 15 minutos.

Crédito das imagens: Gelson Mello da Costa

Fonte : Secco Consultoria de Comunicação