[ 20/11/2018 ]
OPERADORA STADTBUS TRANSPORTES, DE SANTA...

[ 19/11/2018 ]
SBCTRANS PROMOVE AÇÃO “NATAL PARA TODOS”...

[ 14/11/2018 ]
DANA LANÇA PORTAL COMPREDANA.COM.BR...

[ 6/11/2018 ]
RECEITA DA MARCOPOLO CRESCE 45,5% NOS NO...

[ 26/10/2018 ]
“GIRO DA ARTE SBCTRANS” TERMINA HOJE EM ...

[ 25/10/2018 ]
EM CADA LUGAR DA CIDADE, A BELEZA E MENS...

[ 24/10/2018 ]
NO “GIRO DA ARTE SBCTRANS”, NICK ALIVE R...

[ 23/10/2018 ]
NEOBUS VAI FORNECER 20 ÔNIBUS URBANO NEW...

[ 22/10/2018 ]
PRÊMIO AMERICAR ANUNCIA OS VENCEDORES DO...

[ 16/10/2018 ]
NO TERMINAL TERESA SUSTER, ‘GIRO DA ARTE...




NO DIA DA MOBILIDADE ELÉTRICA, EM SÃO PAULO, ELETRA MOSTRARÁ AS SUAS TECNOLOGIAS ELÉTRICAS E HÍBRIDAS
No Dia da Mobilidade Elétrica, em São Paulo, Eletra mostrará as suas tecnologias elétricas e híbridas



- Flexibilidade do Dual-Bus é o grande diferencial, pois pode operar no modo híbrido, reduzindo emissões, e em áreas de interesse, elétrico puro com emissão ZERO,

- Não necessita de infraestrutura elétrica. Baterias são recarregadas na frenagem do veículo.

Na terceira edição do “Dia da Mobilidade Elétrica”, que será realizada no próximo sábado, dia 15 de setembro, em São Paulo, a Eletra fará uma exibição completa das tecnologias que dispõe para o futuro limpo da mobilidade brasileira. Essas tecnologias, que conjugam os recursos hibrido e elétrico, são formadas por três modelos de ônibus: o Dual-Bus híbrido e elétrico puro de 13,2m de comprimento; o e-Bus, 100% elétrico, articulado de 18m de comprimento, desenvolvido pioneiramente no Brasil, e o Dual-Bus híbrido e trólebus, articulado de 23m de comprimento.

Segundo Ieda Oliveira, gerente comercial da Eletra, a utilização do Dual-Bus tem superado as expectativas, sobretudo na redução de emissões e na qualidade de vida da população e dos passageiros. “Um dos principais diferenciais do modelo é a sua flexibilidade, pois no modo híbrido consegue operar reduzindo emissões e em áreas de interesse garante emissão ZERO no modo elétrico, sem necessidade de nenhuma infraestrutura para recarga, já que as baterias são recarregadas na frenagem do veículo”, enfatiza a executiva.

O Dual-Bus é considerado a melhor proposta tecnológica para o transporte urbano por poder circular em diferentes configurações, como híbrido, trólebus e híbrido ou elétrico puro. Configurado para circular no Corredor Metropolitano ABD, operado pela Metra Transportes, possui 13,2 metros de comprimento e capacidade para transportar 82 passageiros.

Possui motor elétrico desenvolvido pela WEG e gerador formado por um motor a diesel veicular OM 924 Série A Euro V desenvolvido pela Mercedes-Benz especialmente para o projeto. As mudanças de marcha e a velocidade ocorrem suavemente, sem trancos, mesmo com o veículo lotado e numa pista em aclive.

O veículo é movido por um avançado conjunto de baterias de lítio, ligadas em série, instaladas em quatro compartimentos sobre a carroceria. Na versão elétrico puro, essas baterias permitem uma tração silenciosa, macia e potente. O Dual-Bus desliza suavemente sobre a pista, sem descarregar qualquer tipo de material poluente na atmosfera

Além de participar da carreata, o Dual-Bus híbrido e elétrico puro vai operar no traslado dos visitantes do 14ª. Salão Latino-americano de Veículos Elétricos e Híbridos, que acontecerá entre os dias 17 e 19 de setembro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

Outro destaque da Eletra na carreata é o e-Bus, elétrico puro de 18m de comprimento, com sistema de ar-condicionado e piso baixo. Tracionado por um motor elétrico, cuja única fonte de energia é o banco de baterias instalado no veículo, pode operar em qualquer sistema viário. É o mesmo sistema de tração de um trólebus comum, porém sem a necessidade de rede aérea externa. Este modelo integra o conceito mais moderno dos veículos elétricos, pois as baterias recebem recargas de oportunidade nos intervalos de operação. As recargas de oportunidade permitem otimizar o investimento no sistema, já que aumenta a autonomia e diminui o tamanho do banco de baterias.

O terceiro modelo Eletra é o Dual-Bus híbrido e trólebus, articulado de 23m de comprimento. Em aplicação há dois anos, faz a linha metropolitana entre o município de Diadema, no ABC, e a região da Berrini, na zona Sul da Capital Paulista, operado pela Metra Transportes. Tem capacidade de transportar 153 passageiros e chassi articulado de quatro eixos e motor elétrico desenvolvido pela WEG. O gerador, por sua vez, é formado por um motor veicular movido a diesel de cilindrada reduzida de 12 para 7 litros e desenvolvido pela Mercedes-Benz especialmente para o projeto, e um gerador também feito pela WEG. É equipado com moderna transmissão automática Alisson, que facilita a tarefa do motorista e traz conforto ao passageiro. As mudanças de marcha e velocidade também ocorrem suavemente, sem trancos, mesmo com o veículo lotado e numa pista em aclive.

Na versão trólebus, a novidade é o sistema pneumático de recolhimento das alavancas coletoras de energia. Nos trólebus comuns, as hastes no teto que se ligam à rede aérea de energia são recolhidas manualmente. No Dual-Bus elas podem ser acionadas diretamente pelo motorista no painel. O ônibus, assim, se desconecta da rede aérea e passa a mover-se por suas próprias baterias sem interromper a viagem.

A carreata da Mobilidade Elétrica reunirá carros elétricos ou híbridos, bicicletas, patinetes, ônibus e caminhões, e faz para da 14ª Plataforma Latino-Americana de Veículos Híbridos-Elétricos, Componentes e Novas Tecnologias. Sairá às 9h da Rua Treze de Maio, na Bela Vista, e percorrerá o trajeto pela Avenida Paulista, até a Praça Charles Muller (Pacaembu), onde os veículos ficarão expostos para apreciação dos interessados. O objetivo é chamar a atenção do poder público, da iniciativa privada e conscientizar a sociedade sobre a necessidade de adotar novos hábitos para cidades mais sustentáveis.

Sobre a Eletra

Criada em 1988, a Eletra lançou, em 1999, o primeiro ônibus elétrico híbrido com tecnologia brasileira. Hoje, a marca está presente em 400 ônibus com tração elétrica em operação na grande São Paulo, além de cidades como Rosário, na Argentina, e Wellington, na Nova Zelândia. Somente na cidade de São Paulo foram fornecidos 220 ônibus elétricos nos últimos quatro anos.

A Eletra fabrica veículos com as seguintes tecnologias: Trólebus (rede aérea); Híbrido (grupo motor gerador + baterias); Elétrico puro (baterias); Dual-Bus – Híbrido e Trólebus, e Dual-Bus – Híbrido e Elétrico Puro.

Serviço
Carreata de veículos elétricos e híbridos
Data: 15 de setembro, das 9 às 14h.
Saída: Rua Treze de Maio, nº 1.642 – Clube da Sabesp – Bela Vista
Ponto de chegada: Praça Charles Muller

Crédito da imagem: Arquivo Eletra

Fonte : Secco Consultoria de Comunicação